Porto Alegre, terça-feira, 23 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 23 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 11h36min, 23/02/2021. Atualizada em 11h44min, 23/02/2021.

Quatro hospitais de Porto Alegre operam com UTIs lotadas na manhã desta terça-feira

O quadro mais alarmante é o do Hospital Moinhos de Vento, que já opera acima da sua capacidade

O quadro mais alarmante é o do Hospital Moinhos de Vento, que já opera acima da sua capacidade


JOYCE ROCHA/JC
Roberta Mello
Os hospitais de Porto Alegre vivem mais um dia de UTIs lotadas nesta terça-feira (23). A pressão é gerada pela chegada incessante de pacientes com Covid-19 que precisam de cuidados intensivos e mais complexos. Das 10 unidades que atualizaram os dados no painel de monitoramento das UTIs nesta manhã, quatro estão com ocupação de 100% (ou mais) em suas unidades de tratamento intensivo. 
Os hospitais de Porto Alegre vivem mais um dia de UTIs lotadas nesta terça-feira (23). A pressão é gerada pela chegada incessante de pacientes com Covid-19 que precisam de cuidados intensivos e mais complexos. Das 10 unidades que atualizaram os dados no painel de monitoramento das UTIs nesta manhã, quatro estão com ocupação de 100% (ou mais) em suas unidades de tratamento intensivo. 
No Hospital da Restinga, São Lucas da Pucrs e Independência, a lotação é total (100%). Até as 11h30min, outros sete hospitais ainda não haviam atualizado suas informações.
Já no Hospital Moinhos de Vento, a situação é ainda mais alarmante: 107,58% de ocupação, conforme atualização realizada às 8h desta terça. O quadro no Moinhos de Vento apresentou leve melhora. Na segunda-feira (22), o hospital estava com 115% de ocupação.
Ao todo, há 372 casos confirmados de Covid em UTIs de Porto Alegre. O hospital com maior número de casos de Covid internados é o Clínicas (81), com 95,48% dos leitos já ocupados.
No Hospital Nossa Senhora da Conceição há a maior quantidade de pessoas diagnosticadas com Covid-19 aguardando na Emergência por um leito de UTI. São 14 pessoas esperando por uma melhora no quadro de ocupação do hospital, que hoje ultrapassa os 97%.
Os hospitais de Porto Alegre já estão trabalhando como se UTIs estivessem lotadas. Desde sábado (20), seis hospitais da Capital operam com restrições
No Estado, a Secretaria da Saúde orientou nesta segunda-feira a suspensão de cirurgias não urgentes em todos os hospitais, colocando toda a estrutura de equipamento e pessoal possível para o atendimento dos casos da pandemia.
Comentários CORRIGIR TEXTO