Porto Alegre, domingo, 21 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 21 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 13h24min, 21/02/2021.

RS ultrapassa 600 mil casos confirmados de Covid-19

Em Porto Alegre, até a manhã deste domingo, hospitais apresentavam 97,56% de ocupação

Em Porto Alegre, até a manhã deste domingo, hospitais apresentavam 97,56% de ocupação


SILVIO AVILA/AFP/JC
Marcelo Beledeli
O Rio Grande do Sul ultrapassou a maca dos 600 mil casos confirmados de Covid-19 neste final de semana, quando o governo estadual impôs restrições de atividades das 22h às 5h em todo o Estado após 11 regiões terem recebido bandeiras pretas – de altíssimo risco de contágio - no mapa prévio do distanciamento controlado.
O Rio Grande do Sul ultrapassou a maca dos 600 mil casos confirmados de Covid-19 neste final de semana, quando o governo estadual impôs restrições de atividades das 22h às 5h em todo o Estado após 11 regiões terem recebido bandeiras pretas – de altíssimo risco de contágio - no mapa prévio do distanciamento controlado.
Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (SES), na manhã deste domingo (21), 604.385 pessoas já haviam sido contaminadas pela doença no Estado.
Na manhã deste domingo, a SES informou que foram registrados 1.722 novos casos de Covid-19 no Rio Grande do Sul nas 24h anteriores. Além disso, foram confirmados mais 18 óbitos, ocorridos entre 13 e 20 de fevereiro. Com isso, o total de pessoas que perderam a vida para a doença no Estado desde o começo da pandemia chegou a 11.771.
Em todo o Estado, a taxa de ocupação de leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) segue elevada, em 83,4%. No total, são 2.238 pacientes em 2.684 leitos de UTI no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, até a manhã deste domingo, os hospitais apresentavam 97,56% de ocupação. Dois mostravam lotação acima da capacidade: o Complexo Hospitalar Santa Casa (109,09%) e o Divina Providência (105,71%). Outros cinco estavam com as Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) lotadas, com 100% de ocupação: Moinhos de Vento, São Lucas (Pucrs), Independência, Femina e Restinga.
Comentários CORRIGIR TEXTO