Porto Alegre, terça-feira, 16 de fevereiro de 2021.
Dia do Repórter.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 16 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 17h38min, 16/02/2021.

Com UTI lotada, Hospital Moinhos de Vento restringe atendimentos

Instituição tem ocupação máxima dos leitos de internação e do Centro de Terapia Intensiva

Instituição tem ocupação máxima dos leitos de internação e do Centro de Terapia Intensiva


JOYCE ROCHA/JC
O Hospital Moinhos de Vento anunciou nesta terça-feira (16) a restrição aos atendimentos de casos leves de coronavírus. A instituição tem 100% de ocupação nos leitos de internação e do Centro de Terapia Intensiva (CTI) reservados para o tratamento de pacientes críticos com COVID-19.
O Hospital Moinhos de Vento anunciou nesta terça-feira (16) a restrição aos atendimentos de casos leves de coronavírus. A instituição tem 100% de ocupação nos leitos de internação e do Centro de Terapia Intensiva (CTI) reservados para o tratamento de pacientes críticos com COVID-19.
Continuarão sendo priorizados os pacientes em estado grave, até que a situação atual de ocupação seja normalizada e a pandemia retorne aos patamares anteriores. O HMV também limitou a transferência de pacientes que necessitem leito de UTI.
“O Hospital Moinhos de Vento reforça o alerta e o apelo à população para que se mantenha atenta às normas de proteção e isolamento. É fundamental que todos sigam as recomendações das autoridades sanitárias, utilizando máscaras em todos os momentos e higienizando as mãos e os ambientes de contato. Da mesma forma, recomenda ainda que as pessoas evitem aglomerações, mantendo sempre o distanciamento social, principalmente neste momento”, diz o texto assinado pelo superintendente Médico do Hospital Moinhos de Vento, Luiz Antonio Nasi.
Comentários CORRIGIR TEXTO