Porto Alegre, segunda-feira, 25 de janeiro de 2021.
Aniversário da cidade de São Paulo. Aniversário dos Correios e Telégrafos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 25 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 11h53min, 25/01/2021.

Média diária de óbitos em janeiro é menor do que a de dezembro no RS

Janeiro tem números melhores do que dezembro, mas acima de todos os outros meses

Janeiro tem números melhores do que dezembro, mas acima de todos os outros meses


ADEK BERRY/AFP/JC
Juliano Tatsch
O mês de dezembro foi o mais mortal da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Sul, com números que superaram de longe os dos meses de julho e agosto, quando a crise sanitária parecia ter atingido seu ápice no Brasil. Os números de janeiro, ainda sem o término do mês, indicam uma melhora no quadro. No entanto, o primeiro mês de 2021 é o segundo mais letal até agora.
O mês de dezembro foi o mais mortal da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Sul, com números que superaram de longe os dos meses de julho e agosto, quando a crise sanitária parecia ter atingido seu ápice no Brasil. Os números de janeiro, ainda sem o término do mês, indicam uma melhora no quadro. No entanto, o primeiro mês de 2021 é o segundo mais letal até agora.
O último mês de 2020 foi, de longe, o mais trágico da pandemia no Estado. Com 1.972 mortes causadas pelo novo coronavírus, dezembro teve uma média diária de 63,6 óbitos pela Covid-19 no RS.
Com dados relativos a 24 dias, janeiro de 2021 tem números, até o momento, melhores do que o mês que o antecedeu. Os indicadores, no entanto, ficam em segundo entre os piores na análise mês a mês da pandemia. Um total de 1.394 gaúchos já perderam a vida neste ano em razão do vírus Sars-Cov-2. Isso dá uma média de 58 óbitos por dia.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/01/25/206x137/1_media_de_mortes-9235675.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'600ecf184f1b8', 'cd_midia':9235675, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/01/25/media_de_mortes-9235675.jpg', 'ds_midia': 'Média diária de mortes mensal por Covid-19 no RS', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'Média diária de mortes mensal por Covid-19 no RS', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
Com início discreto em março, o novo coronavírus foi ampliando sua mortalidade com o passar dos meses, atingindo seu ápice, até então, nos meses de julho, agosto e setembro. Outubro e novembro foram de considerável queda nas mortes em comparação com os períodos anteriores, no que parecia ser o início do fim da crise.
No entanto, dezembro veio para acelerar os contágios e os óbitos, e mostrar que a atenção com a higiene, o isolamento social, o uso de máscara, entre outras medidas, não podem ser relaxadas. Em janeiro, a chegada da vacina trouxe um alento, mas os dados mostram que ainda é cedo para deixar os cuidados de lado.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/01/25/206x137/1_pandemia_mes_a_mes-9235689.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'600ed2983ca26', 'cd_midia':9235689, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/01/25/pandemia_mes_a_mes-9235689.jpg', 'ds_midia': 'A pandemia mês a mês no RS', 'ds_midia_credi': 'Arte/JC', 'ds_midia_titlo': 'A pandemia mês a mês no RS', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '771', 'cd_midia_h': '585', 'align': 'Left'}
Atualmente, o Rio Grande do Sul tem 528.045 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus. Desses, 123.249 foram diagnosticados em dezembro – média de 3.975 casos por dia. Isto é, 23,3% de todas as infecções oficiais no Estado se deram apenas no último mês de 2020. Em 2021 já foram registrados 76.133 casos – média de 3.172 casos diários.
Comentários CORRIGIR TEXTO