Porto Alegre, quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 12h41min, 07/01/2021. Atualizada em 13h41min, 07/01/2021.

Butantan pede autorização para o uso emergencial da vacina Coronavac

Vacina apresentou eficácia de 78% nos estudos finais realizados no Brasil

Vacina apresentou eficácia de 78% nos estudos finais realizados no Brasil


NELSON ALMEIDA/AFP/JC
Atualizada às 13h
Atualizada às 13h
O Instituto Butantan pediu à Anvisa autorização para o uso emergencial da vacina Coronavac, produzida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. 
O governo de São Paulo concede neste momento entrevista coletiva para informar sobre a eficácia da vacina e o pedido de uso emergencial.
Reportagem divulgada mais cedo pelo jornal Folha de São Paulo informou que a vacina apresentou eficácia de 78% nos estudos finais realizados no Brasil. O percentual vale apenas para casos leves da doença, tendo em vista que o estudo não contemplou casos moderados e mortes. Em dezembro, o ministro da Saúde Eduardo Pazuello incluiu a Coronavac no Plano Nacional de Vacinação Contra a Covid-19.
Comentários CORRIGIR TEXTO