Porto Alegre, segunda-feira, 07 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 07 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 18h04min, 07/12/2020. Atualizada em 19h18min, 07/12/2020.

Rio Grande do Sul passa de 350 mil casos de Covid-19 e 7,2 mil mortes

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado estava em 81,8% nesta segunda-feira

A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado estava em 81,8% nesta segunda-feira


ANDREAS SOLARO/AFP/JC
Mais 1.658 novos casos de coronavírus foram confirmados no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira (7). Em quase nove meses de pandemia, o Estado já supera 350 mil infecções da doença. São 350.569 ao todo até agora, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Desses, 323.115 já estão curados do coronavírus.
Mais 1.658 novos casos de coronavírus foram confirmados no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira (7). Em quase nove meses de pandemia, o Estado já supera 350 mil infecções da doença. São 350.569 ao todo até agora, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Desses, 323.115 já estão curados do coronavírus.
A crise sanitária segue fazendo vítimas fatais associadas à doença. Mais 52 óbitos foram registrados nesta segunda, elevando para 7.235 o total de mortes pela Covid-19. As vítimas mais recentes tinha entre 35 e 92 anos. 
A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado está em 81,8%. O dado cresceu 31,2% nas ultimas três semanas.
Na semana passada, o governo gaúcho anunciou novas regras e restrições de isolamento social para conter para o avanço da Covid. Dentre as novas regras está a limitação no horário de funcionamento do comércio, bares e restaurantes, além do acesso às praias.
O mapa do distanciamento controlado do Rio Grande do Sul, manteve as 20 regiões em bandeira vermelha e apenas uma em laranja, que haviam sido divulgadas no mapa preliminarna ultima sexta-feira (4).  Os oito pedidos de reconsideração que haviam sido feitos por municípios e associações regionais foram negados. 
Comentários CORRIGIR TEXTO