Porto Alegre, terça-feira, 27 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 27 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 18h13min, 27/10/2020.

Hospital Moinhos de Vento restringe atendimentos por Covid-19 para conter lotação

Nesta terça, 100% dos 31 leitos de UTI destinados ao tratamento da doença estavam ocupados

Nesta terça, 100% dos 31 leitos de UTI destinados ao tratamento da doença estavam ocupados


JOYCE ROCHA/JC
O Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, restringiu nessa segunda-feira (26) os atendimentos a pacientes externos com Covid-19. A medida vale por 48 horas e se deve à lotação das áreas destinadas a pacientes infectados com coronavírus na Unidade de Internação, Emergência e CTI do hospital. 
O Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, restringiu nessa segunda-feira (26) os atendimentos a pacientes externos com Covid-19. A medida vale por 48 horas e se deve à lotação das áreas destinadas a pacientes infectados com coronavírus na Unidade de Internação, Emergência e CTI do hospital. 
A decisão foi tomada pelo Comitê de Enfrentamento do Coronavírus e a situação será reavaliada a cada 24 horas. Em nota, o hospital disse que a restrição ocorre para "manter a qualidade, a segurança e os atendimentos a outras doenças". 
Nesta terça (27), 100% dos 31 leitos intensivos de tratamento a pacientes com a doença estavam ocupados, segundo painel de monitoramento da prefeitura. Porto Alegre, que observava queda nas internações de pacientes com Covid-19 nas últimas semanas, voltou a acender o alerta para os números da pandemia. O total de internados em UTI na manhã desta terça-feira (27) era o maior dos últimos sete dias, chegando a 250
Comentários CORRIGIR TEXTO