Porto Alegre, segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
Dia do Trabalhador da Construção Civil. Dia da Democracia.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Uruguai

- Publicada em 11h59min, 26/10/2020. Atualizada em 13h08min, 26/10/2020.

'Neste verão não poderemos recebê-los', diz ministro do Turismo do Uruguai a brasileiros

Militares uruguaios fazem a aferição de temperatura em quem acessa Rivera de carro

Militares uruguaios fazem a aferição de temperatura em quem acessa Rivera de carro


MARCELO PINTO/DIVULGAÇÃO/JC
O ministro do Turismo do Uruguai, Germán Cardoso, publicou um vídeo neste domingo (25) se dirigindo a brasileiros, argentinos e povos de outras nações onde se manifestou sobre o fechamento das fronteiras do país em função da pandemia de coronavírus. "Queridos irmãos argentinos, brasileiros, chilenos, paraguaios, do resto da região e do mundo, este verão não vamos poder recebê-los como fazemos a cada verão. Quero que saibam que é uma decisão que tomamos com muita dor. Como uruguaios e anfitriões com grande vocação de serviço, nada nos agradaria mais que compartilhar uma temporada com vocês", assegurou Cardoso. 
O ministro do Turismo do Uruguai, Germán Cardoso, publicou um vídeo neste domingo (25) se dirigindo a brasileiros, argentinos e povos de outras nações onde se manifestou sobre o fechamento das fronteiras do país em função da pandemia de coronavírus. "Queridos irmãos argentinos, brasileiros, chilenos, paraguaios, do resto da região e do mundo, este verão não vamos poder recebê-los como fazemos a cada verão. Quero que saibam que é uma decisão que tomamos com muita dor. Como uruguaios e anfitriões com grande vocação de serviço, nada nos agradaria mais que compartilhar uma temporada com vocês", assegurou Cardoso. 
“Somos muito agradecidos e os recebemos sempre de braços abertos, mas neste ano não poderá ser assim. Confiamos que esta situação poderá se reverter a médio prazo e voltaremos a recebê-los da mesma maneira que sempre. Quanto isto passar, os esperamos para o reencontro", concluiu o ministro do Turismo. 
Na quinta-feira (22), o presidente uruguaio Luis Lacalle Pou havia adiantado que as fronteiras estariam praticamente fechadas a estrangeiros por conta dos casos do novo coronavírus. No sábado (24), o Uruguai intensificou as barreiras sanitárias no acesso a Santana do Livramento e a Rivera. Militares do país adotaram a aferição de temperatura em quem acessa de carro a cidade. Apenas casos que apresentam indicação de febre ou sintomas gripais não entram. Brasileiros só podem entrar para compras nas lojas.
Não é permitido fazer turismo no Uruguai. A proibição de ingresso de brasileiros vale para todos os modais - terrestre, hidroviário e aéreo desde março, no começo da pandemia. 
Em todo o país, foram 107 novos registros em dois dias. O Uruguai soma 2,8 mil casos em sete meses de pandemia, com 53 mortes. 
Comentários CORRIGIR TEXTO