Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 11h07min, 06/10/2020. Atualizada em 11h10min, 06/10/2020.

Porto Alegre volta a ter aumento de pacientes em UTIs com Covid-19

Capital já desativou 32 dos 280 leitos criados exclusivamente para tratar pacientes de coronavírus

Capital já desativou 32 dos 280 leitos criados exclusivamente para tratar pacientes de coronavírus


SILVIO AVILA/AFP/JC
Juliano Tatsch
No dia 2 de setembro e, novamente, no dia 4 de setembro, Porto Alegre atingiu o pico de pacientes internados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) em razão do novo coronavírus. Naquelas duas ocasiões, um total de 347 pessoas estavam hospitalizadas em leitos intensivos na cidade. A partir dali, uma queda nesse contingente de pessoas internadas passou a ocorrer, indicando uma mudança no panorama da pandemia na cidade, o que gerou, inclusive a desativação de cerca de 32 dos 280 leitos exclusivos abertos para o atendimento de pessoas com diagnóstico de contaminação pelo vírus. No entanto, a ocorrência de breves elevações, como a percebida nos últimos dias, ainda aponta para a necessidade de que cuidados sejam mantidos.
No dia 2 de setembro e, novamente, no dia 4 de setembro, Porto Alegre atingiu o pico de pacientes internados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) em razão do novo coronavírus. Naquelas duas ocasiões, um total de 347 pessoas estavam hospitalizadas em leitos intensivos na cidade. A partir dali, uma queda nesse contingente de pessoas internadas passou a ocorrer, indicando uma mudança no panorama da pandemia na cidade, o que gerou, inclusive a desativação de cerca de 32 dos 280 leitos exclusivos abertos para o atendimento de pessoas com diagnóstico de contaminação pelo vírus. No entanto, a ocorrência de breves elevações, como a percebida nos últimos dias, ainda aponta para a necessidade de que cuidados sejam mantidos.
A Capital vive, no momento, uma reversão na queda das internações em UTIs por Covid-19. Nos últimos três dias, a cidade passou de 248 pacientes internados, no dia 3 de outubro, para 260 nesta terça-feira – um acréscimo de 4,8%.
A variação para cima, após uma sequência de quedas consecutivas, indica que a ainda é cedo para que medidas de controle deixem de serem observadas. Atualmente, Porto Alegre conta com 35.726 casos confirmados da doença. O número de óbitos causados pela Covid-19 já chega a 1.066.
Na última semana, entre os dias 28 de setembro e cinco de outubro, houve um crescimento de 8,6% no número de casos confirmados da doença na Capital. Já em relação ao total de vítimas fatais, o aumento no período de sete dias foi de 5,4%.
Comentários CORRIGIR TEXTO