Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 17h29min, 28/09/2020. Atualizada em 16h01min, 16/10/2020.

Mesmo com melhora em indicadores, Covid-19 já chegou a todos os municípios do RS

Até o momento, mais de 185 mil gaúchos já foram contaminados pelo novo coronavírus

Até o momento, mais de 185 mil gaúchos já foram contaminados pelo novo coronavírus


Silvio Ávila/AFP/JC
Fernanda Crancio
Nesta segunda-feira (28), o coronavírus chegou oficialmente a todos os 497 municípios gaúchos. Embora os dados oficiais do portal do governo do Estado ainda contabilizem duas cidades sem registros de Covid-19 - Cerro Branco e Coqueiro Baixo-, as prefeituras dessas localidades já confirmaram três casos de contaminação de moradores cada, contabilizados pelas vigilâncias sanitárias locais no final da semana passada.
Nesta segunda-feira (28), o coronavírus chegou oficialmente a todos os 497 municípios gaúchos. Embora os dados oficiais do portal do governo do Estado ainda contabilizem duas cidades sem registros de Covid-19 - Cerro Branco e Coqueiro Baixo-, as prefeituras dessas localidades já confirmaram três casos de contaminação de moradores cada, contabilizados pelas vigilâncias sanitárias locais no final da semana passada.
Segundo o Painel Coronavírus RS, que registra os dados oficiais da pandemia do Estado, há 185.778 casos confirmados e 4.648 óbitos em todo o território gaúcho, mas os indicadores dependem das notificações feita à Secretaria Estadual ad Saúde pelos hospitais e prefeituras, o que justifica o atraso na atualização. Do total de casos, segundo o governo do Estado, 172.676 pacientes já estão recuperados da doença.
Na quinta-feira (24), ao fazer um balanço das ações de enfrentamento à pandemia no Rio Grande do Sul ao longo dos últimos seis meses, o governador Eduardo Leite comemorou o fato de quatro cidades - além de Cerro Branco e Coqueiro Baixo, Estrela Velha e Pedras Altas - ainda estarem livres da Covid-19. A rápida disseminação do vírus, no entanto, fez o cenário mudar em quatro dias. Nesta segunda, o painel oficial do governo já mostrava o aparecimento de três casos em Estrela Velha e um em Pedras Altas. No início de agosto, reportagem do Jornal do Comércio mostrava que eram 29 as cidades sem casos de Covid-19.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/09/28/206x137/1_cerro-9149983.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5f7241d882e17', 'cd_midia':9149983, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/09/28/cerro-9149983.jpg', 'ds_midia': 'foto aérea Cerro Branco', 'ds_midia_credi': 'REPRODUÇÃO;JC', 'ds_midia_titlo': 'foto aérea Cerro Branco', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '467', 'align': 'Left'}
Município de Cerro Branco, no centro do Estado, registrou três casos de Covid-19 na semana passada. Crédito: Reprodução/JC
Segundo o prefeito de Cerro Branco, na Região Central, Jorge Hoffmann (PDT), a mudança de cenário no município ocorreu no final da última semana e deve ser atualizado no mapa do governo estadual nas próximas horas. "Saímos da boa estatística e registramos três casos, que devem estar sendo atualizados pelo Estado", disse. A cidade, localizada a 213 quilômetros de Porto Alegre, possui uma população aproximada de 4,5 mil habitantes, a maioria dedicada à agricultura em suas próprias propriedades, o que evita a ampla circulação e pode ter colaborado para a baixa incidência de casos.
Já em Coqueiro Baixo, no Vale do Taquari, também foram contabilizados três casos tardios na semana passada. "Infelizmente não estamos mais sem casos, registramos na semana passada três positivos no município, que talvez ainda não constem nos dados da Secretaria Estadual da Saúde", destacou o prefeito Jocimar Valer (MDB). A cidade, com 1,5 mil habitantes, fica 169 quilômetros distante da capital gaúcha e condiciona à população pequena e com grande concentração de idosos o fato de ter poucos registros da doença até o momento.
Desde agosto, o Rio Grande do Sul vem apresentando melhora nos índices de ocupação de leitos clínicos e de UTI por Covid-19 e uma certa queda nos diagnósticos confirmados nos últimos dias, o que foi determinante para a flexibilização de atividades e para melhorar o risco de contágio, traduzido no mapa do distanciamento controlado, que confirmou nesta segunda-feira a predominância de bandeira laranja em todas as regiões, indicando risco epidemiológico médio.
Em live na semana passada, o governador e a coordenadora do Comitê de Dados do Executivo, Leany Lemos, destacaram que a política de enfrentamento à Covid-19 implementada no Rio Grande do Sul tem colaborado para que o Estado tenha a segunda menor taxa de óbitos da população com mais de 50 anos e a quarta menor taxa de letalidade do País.
Apesar disso, Leite tem alertado aos gaúchos para não relaxarem nos cuidados, já que a situação da pandemia ainda requer cuidados e casos de "segunda onda" da doença começam a aparecer em outros países. "Estamos vendo com boa expectativa os indicadores, o que sugere que o pior momento pode ter passado, mas não significa que podemos relaxar nos cuidados. A Covid não está controlada nem acabou, por isso é muito importante a população continuar nos ajudando, cumprindo o distanciamento e ficando em casa, se possível", enfatizou durante live na quinta-feira (24).
 
  
*Matéria atualizada em 16/10/2020, para corrigir os nomes dos prefeitos de Coqueiro Baixo, Jocimar Valer, e de Cerro Branco, Jorge Hoffmann, que estavam trocados.
 
**Na ocasião da publicação, os casos dados como confirmados de pacientes com Covid-19 em Cerro Branco ainda eram suspeitos, e foram equivocadamente informados à reportagem como positivos. Até o presente momento, o município de Cerro Branco não possui casos da doença entre seus moradores.
Comentários CORRIGIR TEXTO