Porto Alegre, segunda-feira, 07 de setembro de 2020.
Independência do Brasil. Feriado nos EUA - Dia do Trabalho.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 07 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 17h26min, 07/09/2020. Atualizada em 17h42min, 07/09/2020.

Rio Grande do Sul soma 3.756 mortes por Covid-19 e quase 144 mil casos da doença

Também foram registrados mais 39 novos casos positivos do vírus nas últimas 24 horas

Também foram registrados mais 39 novos casos positivos do vírus nas últimas 24 horas


LUIZA PRADO/JC
O Rio Grande do Sul registrou nesta segunda-feira, feriado de 7 de Setembro, mais 17 mortes relacionadas ao novo coronavírus. Já são 3.756 gaúchos vítimas da Covid-19 desde o início da pandemia. As novas mortes são de pessoas entre 39 e 88 anos, residentes de 14 municípios gaúchos.
O Rio Grande do Sul registrou nesta segunda-feira, feriado de 7 de Setembro, mais 17 mortes relacionadas ao novo coronavírus. Já são 3.756 gaúchos vítimas da Covid-19 desde o início da pandemia. As novas mortes são de pessoas entre 39 e 88 anos, residentes de 14 municípios gaúchos.
Também foram registrados mais 39 novos casos positivos do vírus nas últimas 24 horas. O total de infectados no Estado soma, agora, 143.952. 
Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), que faz a atualização diária dos números da doença no Estado, uma instabilidade no acesso ao sistema de notificações de casos leves (não hospitalizados) restringiu a carga do dia. "Por isso os novos casos de hoje representam casos hospitalizados e óbitos, que são registrados em outro sistema", informou a pasta.
Já o número de pacientes que já se recuperaram da Covid-19 é de 131.093, o que representa 91% dos casos.
O governo do Estado divulgou nesta segunda o mapa da 18ª rodada do distanciamento controlado, que entra em vigor nesta terça-feira (8). Oito regiões estão classificadas em bandeira vermelha, que representa risco elevado para o contágio do vírus. As outras 13 estão classificadas como de risco epidemiológico médio, em bandeira laranja.
Comentários CORRIGIR TEXTO