Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 16h39min, 06/08/2020. Atualizada em 18h40min, 06/08/2020.

Bairro Sarandi, com mais de 300 casos de Covid-19, registra o maior número de infecções em Porto Alegre

Crescimento no número de infectados na Capital também foi registrado em outras regiões

Crescimento no número de infectados na Capital também foi registrado em outras regiões


LUIZA PRADO/JC
Gabriela Porto Alegre
Em virtude da rápida transmissão da Covid-19 em Porto Alegre, o bairro Sarandi tem registrado o maior contingente da doença. Isso porque o número de casos do novo coronavírus chegou a 373 na região, de acordo com o mapa epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) - atualizado no dia 2 de agosto -, que apresenta o número absoluto de casos por território.
Em virtude da rápida transmissão da Covid-19 em Porto Alegre, o bairro Sarandi tem registrado o maior contingente da doença. Isso porque o número de casos do novo coronavírus chegou a 373 na região, de acordo com o mapa epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) - atualizado no dia 2 de agosto -, que apresenta o número absoluto de casos por território.
O crescimento no número de infectados pela Covid-19 na Capital também foi registrado em outras regiões, como o bairro Petrópolis, que chegou a 287 casos da doença, seguido pela Lomba do Pinheiro, com 285. Na sequência, aparecem Partenon (272), Centro Histórico (234) e Santa Tereza (224).
Até mesmo as localidades que não haviam registrado casos da doença passaram a contabilizar nesta nova atualização. Conforme o mapa, os bairros com menor incidência do novo coronavírus são Extrema (3), Sétimo Céu (6), São Caetano (7) eVila Conceição (9). Lageado, Jardim Isabel, Praia de Belas e Farroupilha, seguem com 11, respectivamente. O bairro Pedra Redonda, que há dois meses não tinha apresentado casos da doença, conta, atualmente, com 13 pessoas contaminadas.
O levantamento sobre o número de pessoas contaminadas pela Covid-19 leva em consideração o endereço das pessoas que apresentaram a doença, e não o local onde elas buscaram atendimento. Desde maio, a oferta de testagem foi ampliada pela prefeitura da Capital. Assim, qualquer pessoa que apresentar sintomas e buscar atendimento em unidades de saúde poderá ser testada de forma gratuita.
Comentários CORRIGIR TEXTO