Porto Alegre, terça-feira, 19 de maio de 2020.
Dia Nacional da Defensoria Pública.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 19 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Tecnologia

19/05/2020 - 09h57min. Alterada em 19/05 às 09h56min

Ministério da Saúde migra portais e dados para nuvem

Portais e apps com dados sobre a Covid-19 já atingiram mais de 80 milhões de acessos diários

Portais e apps com dados sobre a Covid-19 já atingiram mais de 80 milhões de acessos diários


Foto Jacob Townsend by Unsplash/Divulgação/JC
Com o objetivo de centralizar os bancos de informações, dar maior segurança e estabilidade no envio e acesso aos dados referentes à evolução do Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde está migrando os seus portais, dados e aplicativos para a nuvem.
Com o objetivo de centralizar os bancos de informações, dar maior segurança e estabilidade no envio e acesso aos dados referentes à evolução do Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde está migrando os seus portais, dados e aplicativos para a nuvem.
O projeto é resultado de um contrato com a Embratel e faz parte do esforço para disponibilizar informações atualizadas sobre saúde no Brasil. Os portais e aplicativos com dados sobre a Covid-19 já atingiram picos de mais de 80 milhões de acessos diários desde o início da pandemia, principalmente via dispositivos móveis.
A Embratel já realizou a transferência de milhares de dados do portal do Ministério da Saúde (saude.gov.br), do portal Coronavírus (covid.saude.gov.br), e do e-SUS-VE (notifica.saude.gov.br) para a nuvem. O Aplicativo CoronavíruSUS, dentre outros do Ministério, também já foi migrado.
“Com o projeto desenvolvido, o Ministério da Saúde está disponibilizando os dados sobre o coronavírus com muito mais eficiência e rapidez para a sociedade”, explica o diretor executivo de Soluções Digitais da Embratel, Mário Rachid. O executivo ressalta, ainda, que a oferta possibilita ao Ministério da Saúde uma administração simplificada, segura e escalável dos servidores virtuais e bancos de dados.
Para garantir a performance e a confiabilidade necessárias à notificação de casos Covid-19 pelos profissionais de saúde e ao registro compulsório de ocupação de leitos pelos hospitais, foi desenvolvido o e-SUS Notifica, substituindo outra plataforma que não garantia muita robustez.
Este sistema trouxe, ainda, uma série de melhorias ao processo de trabalho das equipes de gestão, vigilância e assistência do Ministério da Saúde, Secretarias de estado da Saúde e secretarias municipais de Saúde, que têm informações disponíveis mais rapidamente e com melhor integração com outras plataformas, assim como maior transparência e rapidez na disponibilização de informações para a sociedade em geral.
Os dados podem ser acessados pela população e pela imprensa por meio do Portal Coronavírus Brasil, que disponibiliza boletins gerados diariamente e de forma automatizada, com números como casos confirmados e óbitos por região e estado, taxa de letalidade, e evolução dos diagnósticos.
Comentários