Porto Alegre, domingo, 12 de abril de 2020.
Dia do Obstetra.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, domingo, 12 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Reino Unido

12/04/2020 - 11h45min. Alterada em 12/04 às 11h49min

Se recuperando da Covid-19, Boris Johnson agradece médicos e enfermeiros

Johnson, que tem 55 anos, foi o primeiro líder mundial a contrair a doença

Johnson, que tem 55 anos, foi o primeiro líder mundial a contrair a doença


AFP PHOTO/10 DOWNING STREET/PIPPA FOWLES/JC
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que deve sua vida para os médicos e enfermeiros do National Health System (o sistema de saúde público do Reino Unido) que cuidaram dele enquanto se recupera da Covid-19.
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que deve sua vida para os médicos e enfermeiros do National Health System (o sistema de saúde público do Reino Unido) que cuidaram dele enquanto se recupera da Covid-19.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Johnson fez seus primeiros comentários neste domingo (12), três dias após sair da unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital St. Thomas, em Londres, dizendo que "não consigo agradecê-los o suficiente. Eu devo a eles minha vida".
O primeiro-ministro, que tem 55 anos, foi diagnosticado com a Covid-19 há mais de duas semanas, se tornando o primeiro líder mundial a contrair a doença. Seus primeiros sintomas foram leves, incluindo tosse e febre.
Ele deu entrada no Hospital St. Thomas no domingo passado (5), após seu quadro piorar e foi transferido para a UTI no dia seguinte, onde recebeu oxigênio, mas não precisou de um respirador mecânico. Ficou três noites lá antes de voltar para um quarto na quinta-feira (9).