Porto Alegre, segunda-feira, 06 de abril de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

SAÚDE

Alterada em 06/04 às 18h28min

Parceria entre Senai e empresas permite manutenção de respiradores para hospitais

No Estado, respiradores estão sendo consertados por meio de parceria entre o Senai e a GM

No Estado, respiradores estão sendo consertados por meio de parceria entre o Senai e a GM


GM/Divulgação/JC
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e grandes indústrias se uniram para realizar a manutenção de respiradores mecânicos sem uso e destiná-los aos hospitais. No Rio Grand do Sul, além de sete aparelhos que estão sendo reparados no laboratório da General Motors (GM) em Gravataí, o Senai  lançou uma plataforma em seu site para que instituições de saúde possam solicitar o conserto dos aparelhos.
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e grandes indústrias se uniram para realizar a manutenção de respiradores mecânicos sem uso e destiná-los aos hospitais. No Rio Grand do Sul, além de sete aparelhos que estão sendo reparados no laboratório da General Motors (GM) em Gravataí, o Senai  lançou uma plataforma em seu site para que instituições de saúde possam solicitar o conserto dos aparelhos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Mediante cadastro, o Instituto Senai de Inovação em Soluções Integradas em Metalmecânica, sediado em São Leopoldo (RS), buscará os respiradores e os levará para conserto na GM, onde está montada a oficina para a recuperação dos aparelhos. “Estamos buscando respiradores na rede de saúde, articulados com outras importantes iniciativas regionais como o Pacto Alegre (Brothers in Arms), Instituto Cultural Floresta e atores do governo”, explica o gerente do Instituto Senai, Victor Gomes.
O Senai Gravataí, Instituto Senai de Tecnologia em Mecatrônica e Instituto Senai de Tecnologia em Petróleo, Gás e Energia também participam da ação. 
No Brasil, a rede voluntária também conta com 25 pontos para receber os equipamentos, dez são unidades do Senai e 15 estão em plantas das empresas ArcelorMittal, Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Ford, GM, Honda, Jaguar Land Rover, Renault, Scania, Toyota e Vale. Além do Rio Grande do Sul, a iniciativa beneficia hospitais de outros 12 estados (Bahia, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte , Santa Catarina e São Paulo).