Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Solidariedade

- Publicada em 12h26min, 03/04/2020. Atualizada em 12h54min, 16/04/2020.

Como fazer doações e ajudar quem mais precisa na pandemia de coronavírus

Doação de sangue, alimentos, materiais de higiene e outros podem ajudar na pandemia

Doação de sangue, alimentos, materiais de higiene e outros podem ajudar na pandemia


JOSSOEL SOARES/DIVULGAÇÃO/JC
A pandemia está gerando uma grande mobilização de quem precisa de ajuda e ofertas de quem está disposto a colaborar. O coronavírus não tem precedente na história recente do mundo, por isso é hora de se mexer. Este conteúdo quer ajudar a disseminar as ações e mostrar como ajudar a quem está pensando em fazer isso.
A pandemia está gerando uma grande mobilização de quem precisa de ajuda e ofertas de quem está disposto a colaborar. O coronavírus não tem precedente na história recente do mundo, por isso é hora de se mexer. Este conteúdo quer ajudar a disseminar as ações e mostrar como ajudar a quem está pensando em fazer isso.
São campanhas que vão de doação de cestas básicas (arrecadação direta de alimentos ou em dinheiro - bancos e financiamento coletivo), de equipamentos de proteção e até de sangue. Hospitais estão com estoques em nível critico. Também há busca de voluntários para ajudar em diversas áreas.
Veja a lista e envie sugestões de ações que souber para [email protected]

Doe alimentos e materiais:

Asilo Padre Cacique
  • Onde: Avenida Padre Cacique, 1178 - Menino Deus, Porto Alegre.
  • Como doar: A doação de materiais deve ser feita presencialmente. O asilo assegura que não há contato físico durante a entrega.
Banco de Alimentos
  • Onde: A Rede de Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul auxilia entidades beneficentes de diversas cidades do Estado. 
  • Como doar: Com a pandemia, o Banco de Alimentos criou um método de doações materiais online. A partir do site DoeAlimentos, é possível montar uma cesta e comprar os itens específicos. A organização (Banco de Alimentos RS - CNPJ 04.580.781/0001-91) também aceita depósitos pelo Itaú (Agência: 1687 - Conta: 29.898-2) e o Banco do Brasil (Agência: 1889-9- Conta: 122.323-2).
Drive-thru Solidário
  • Onde: Estádio Beira-Rio (Centro de Eventos Presidente Arthur Dallegrave - acesse a rua Nestor Ludwig (Rua A) e entre no primeiro estacionamento. 
  • Como doar: Chegar com o carro, doações são retiradas pela equipe do Inter do porta-malas ou são entregues pelo doador sem sair do veículo. O Drive-thru Solidário arrecada alimentos não perecíveis e materiais de higiene pessoal e limpeza. 
A comunidade nos move - CUFA e Uber
  • Onde: A campanha de doação a comunidades vulneráveis está disponível em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador
  • Como doar: Em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), a Uber Eats disponibilizou a loja virtual "A comunidade nos move" para doação de cestas básicas e kits de higiene. É só acessar a seção no aplicativo, selecionar os itens que deseja doar e finalizar a compra. Não precisa alterar o endereço.
SOS - Casas de Acolhida
  • Onde: A instituição tem unidades em Porto Alegre (rua Ramiro Barcelos, 1893 - Rio Branco) e Canoas (avenida A.J. Renner, 1760 - Estância Velha)
  • Como doar: A SOS - Casas de Acolhida oferece asilo a bebês, crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica. As necessidades mais urgentes são itens descartáveis (luvas de látex, fraldas e máscaras), mantimentos (arroz, feijão, macarrão, café em pó, óleo de soja, sal, açúcar, bolachas, farinha láctea e aveia), leites (NAN 1 e 2, Nestogeno 1 e 2, Integral) e materiais de higiene (álcool em gel, shampoo, sabonete, cotonete, algodão, lenço umedecido, creme dental, desodorante e absorvente). Entre em contato pelo número (51) 98954-5053 para agendar doações materiais. 

Doe EPIs:

Asilo Padre Cacique
  • Onde: Avenida Padre Cacique, 1178 - Menino Deus, Porto Alegre
  • Como doar: A doação de materiais deve ser feita presencialmente. O asilo assegura que não há contato físico durante a entrega. 
Rede de Saúde Divina Providência
  • Onde: O grupo conta com cinco hospitais distribuídos por Porto Alegre e no Vale do Taquari. Entre eles, estão as unidades Divina Providência (rua da Gruta, 145 - Porto Alegre), Independência (avenida Antônio Carvalho, 450 - Porto Alegre), Santa Isabel (Rua Coronel Fett Filho, 50 - Progresso), São José (rua Júlio de Castilhos, 314 - Arroio do Meio) e Estrela (Rua Geraldo Pereira, 405 - Estrela).
  • Como doar: O Hospital Divina Providência está cadastrando voluntários para a confecção de máscaras cirúrgicas e aventais descartáveis. Em segundo momento, será realizada uma nova chamada para produzir materiais que serão enviados aos hospitais do grupo no interior. O anúncio deve ser feito pelo Facebook e WhatsApp. Também são aceitas doações de equipamentos em todos os hospitais da rede, assim como doações monetárias. Mais informações podem ser acessadas no site.

Doe dinheiro:

Arquitetos Voluntários
  • Onde: O projeto reúne arquitetos para construir espaços temporários e definitivos de descompressão a profissionais da saúde de hospitais de Porto Alegre e Região Metropolitana. Até o momento, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre, o Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, o Hospital Porto Alegre e o Hospital Geral de Novo Hamburgo são auxiliados. Mais informações sobre os Arquitetos Voluntários podem ser acessadas no Instagram.
  • Como doar: O coletivo está arrecadando recursos para a compra dos materiais e produtos necessários. Doações podem ser feitas no site Vakinha.
Asilo Padre Cacique
  • Onde: Avenida Padre Cacique, 1178 - Menino Deus, Porto Alegre
  • Como doar: Além de materiais, também são aceitas doações monetárias através do site da instituição.
Banco de Alimentos
  • Onde: A Rede de Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul auxilia entidades beneficentes de diversas cidades do Estado. 
  • Como doar: Com a pandemia, o Banco de Alimentos criou um método de doações materiais online. A partir do site DoeAlimentos, é possível montar uma cesta e comprar os itens específicos. A organização (Banco de Alimentos RS - CNPJ 04.580.781/0001-91) também aceita depósitos pelo Itaú (Agência: 1687 - Conta: 29.898-2) e o Banco do Brasil (Agência: 1889-9- Conta: 122.323-2).
Campanha Cesta Solidária contra o Coronavírus
  • Onde: A campanha online beneficia diversas instituições, como a creche Boa Esperança, Creche Pé de Moleque, Lar dos Cegos Louis Braille, UT Associação Anjos da Ecologia, entre outras.
  • Como doar: Doações financeiras podem ser feitas no site Vakinha. A quantia arrecadada com a vaquinha é direcionada à doação de alimentos, produtos de limpeza e itens de higiene para pessoas em situação de vulnerabilidade.
DCE/UFRGS - Diretório Central dos Estudantes da UFRGS
  • Onde: A campanha online #QuemPodeDoaUmPouco quer chegar a três mil reais, que serão convertidos em insumos de higiene, limpeza e comida. Mais informações estão disponíveis na página do DCE no Facebook.
  • Como doar: A quantia deve ser doada através do site Apoia.se, tendo valor mínimo de R$ 10,00.
Projeto Trama
  • Onde: O Projeto Trama foi elaborado por um grupo multidisciplinar para confeccionar EPI's em casa para os hospitais de Porto Alegre.
  • Como doar: Os voluntários precisam de tecido TNT e aviamentos. Doações podem ser feitas na conta 301.456-8 (Banco do Brasil - Agência: 3798-2), para a Fundação Empresa Escola de Engenharia UFRGS (CNPJ: 02.475.386/0001-13). Para mais informações, entre em contato com Henrique Knorst pelo número (51) 99612-7675.
Rede de Solidariedade com e pela comunidade contra o coronavírus (Solicom)
  • Onde: Professores, pesquisadores e alunos da Ufrgs estão arrecadando doações para ajudar comunidades carentes durante o isolamento social. 
  • Como doar: No site da campanha, o grupo disponibilizou as informações para doar às entidades União das Vilas da Grande Cruzeiro e Morro Santana. Entre em contato pelo e-mail [email protected] para fazer doações materiais. 
Rede Solidária São Léo
  • Onde: A organização não-governamental (ONG) quer beneficiar 10 mil famílias em situação de vulnerabilidade no município de São Leopoldo.
  • Como doar: Doações financeiras para a Rede Solidária São Léo (CPF: 42629314049) podem ser depositadas no Banco Intermedium S.A. (código 077), na agência 0001-9 e conta 55960227. O valor arrecadado é convertido em cestas básicas com alimentos e produtos de higiene. A ONG compartilha a entrega das doações semanais pelo Instagram e o Facebook.
SOS - Casas de Acolhida
  • Onde: A instituição tem unidades em Porto Alegre (rua Ramiro Barcelos, 1893 - Rio Branco) e Canoas (avenida A.J. Renner, 1760 - Estância Velha)
  • Como doar: A SOS - Casas de Acolhida oferece asilo a bebês, crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica. Doações financeiras podem ser depositadas pelo Banco do Brasil (Agência 00108 - Conta Corrente 103140-6), Banrisul (Agência 0100 - Conta Corrente 06.0616040-8), Bradesco (Agência 0324 - Conta Corrente 33267-4) e Caixa (Agência 0435 - Conta Corrente 003.2497-0 - Operação 003). O CNPJ da organização é 92.852.854/0001-14.
Troco Amigo - Covid 19
  • Onde: A rede Panvel está arrecadando doações online para ajudar hospitais da região Sul e São Paulo.
  • Como doar: Para fazer uma doação, é só acessar o site da Panvel e escolher uma quantia. Até a atingir a faixa de R$ 2 milhões, a rede estará duplicando do próprio bolso os valores selecionados.

Doe trabalho:

Projeto Trama
  • Onde: Em casa. O Projeto Trama foi elaborado por um grupo multidisciplinar para confeccionar EPI's para os hospitais de Porto Alegre.
  • Como doar: Basta ter uma máquina de costura e conhecimentos básicos para produzir os EPI's. Para participar do projeto, entre em contato com Henrique Knorst pelo número (51) 99612-7675.

Doe sangue:

Complexo Santa Casa de Misericórdia
    • Onde: Avenida Independência, 75 - Porto Alegre.
    • Como doar: Devido a fácil transmissão do Covid-19, a Santa Casa está limitando a entrada a 15 doadores por vez. O Ministério da Saúde, diante da pandemia, atualizou os critérios para a doação de sangue. As regras e outras informações podem ser conferidas no site do complexo.
Comentários CORRIGIR TEXTO