Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Solidariedade

- Publicada em 08h38min, 31/03/2020. Atualizada em 08h48min, 31/03/2020.

Escassez preocupa e Asilo Padre Cacique reforça apelo por doações

Gastos com medicamentos de uso contínuo superam os R$ 50 mil mensais

Gastos com medicamentos de uso contínuo superam os R$ 50 mil mensais


MARCELO MATUSIAK/DIVULGAÇÃO/JC
As doações ao Asilo Padre Cacique, em Porto Alegre, caíram drasticamente em função da pandemia do Covid-19 e a escassez financeira e de mantimentos preocupa. A instituição precisa de recursos financeiros para manutenção dos serviços além da doação de alimentos, remédios e materiais de limpeza.
As doações ao Asilo Padre Cacique, em Porto Alegre, caíram drasticamente em função da pandemia do Covid-19 e a escassez financeira e de mantimentos preocupa. A instituição precisa de recursos financeiros para manutenção dos serviços além da doação de alimentos, remédios e materiais de limpeza.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
A quantidade de donativos recebidos na última semana foi aproximadamente 20% do que habitualmente a instituição costumava receber, relata o presidente da Instituição, Edson Brozoza. “O momento é de muita dificuldade para todos e é fundamental que a gente lembre dos vovôs e vovós que tanto precisam de nosso apoio. Conclamo a população a transmitir nosso pedido pelas redes sociais e pelos grupos de WhatsApp”, alerta o gestor. O Asilo Padre Cacique depende das doações, pois não recebe recursos dos órgãos públicos para o seu funcionamento.
Os gastos com medicamentos de uso contínuo para os moradores, por exemplo, são superiores a R$ 50 mil mensais. As doações podem ser feitas pelos meios digitais bancários. Mais informações pelo site www.asilopadrecacique.com.br/ajuda.
As doações de álcool gel, máscaras, produtos de higiene, limpeza, medicação e alimentos podem continuar sendo realizadas normalmente no local (Avenida Padre Cacique, 1178). Como em tempo de coronavírus todo cuidado com o contágio é pouco, o acesso é por um portão automatizado com sensor. Na chegada, o motorista não precisa ter contato com o atendente do Asilo, que mantém uma rotina já estabelecida de recolhimento dos donativos no porta-malas não sendo necessário o doador descer do carro.
Comentários CORRIGIR TEXTO