Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Cultura

- Publicada em 20h06min, 17/03/2020.

Coronavírus: Cinemas e teatros são fechados em Porto Alegre

Prefeitura publicou decisão em decreto; Capital gaúcha concentra oito, de 11 casos no Estado

Prefeitura publicou decisão em decreto; Capital gaúcha concentra oito, de 11 casos no Estado


JONATHAN HECKLER/JC
O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, publicou um decreto nesta terça-feira (17) determinando o fechamento de cinemas e teatros. A decisão é mais uma ação preventiva para evitar o avanço do novo coronavírus. A capital gaúcha concentra oito, dos 11 casos confirmados de Covid-19 no Rio Grande do Sul.
O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, publicou um decreto nesta terça-feira (17) determinando o fechamento de cinemas e teatros. A decisão é mais uma ação preventiva para evitar o avanço do novo coronavírus. A capital gaúcha concentra oito, dos 11 casos confirmados de Covid-19 no Rio Grande do Sul.
O anúncio foi feito durante uma reunião com setores do comércio de Porto Alegre para alinhar estratégias que evitem a possibilidade de alastramento dos casos na cidade. Entre as definições estão também a redução na lotação de restaurantes, redução na circulação de pessoas nas lojas e shoppings centers e a permanência de portas e janelas abertas nos estabelecimentos comerciais e a criação de um canal permanente de comunicação da prefeitura com o setor.
O presidente da Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas, Ricardo Difini Leite, concorda com o fechamento das salas de cinema: “já havíamos decido que esta era a melhor solução, mas não podíamos tomá-la unilateralmente". "Agora com o decreto da prefeitura poderemos fechá-las. Defendo que o governador faça algo semelhante, em nível estadual”, concluiu.
Nos próximos dias, poderão ser tomadas novas medidas em conjunto com o setor. “A cidade precisa parar para que possamos superar este momento", declarou Marchezan. O prefeito acrescentou que "são importantes medidas como o isolamento voluntário, a higienização e focar nas pessoas idosas”. 
Comentários CORRIGIR TEXTO