Porto Alegre, terça-feira, 17 de março de 2020.
Dia Internacional da Marinha. Dia de São Patrício.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

educação

16/03/2020 - 12h15min. Alterada em 17/03 às 11h55min

Escolas estaduais suspendem aulas no Rio Grande do Sul a partir de quinta-feira

Leite fez transmissão ao vivo para informar novas medidas em relação ao coronavírus

Leite fez transmissão ao vivo para informar novas medidas em relação ao coronavírus


ITAMAR AGUIAR/PALÁCIO PIRATINI/JC
O governador Eduardo Leite anunciou, em pronunciamento em suas redes sociais nesta segunda-feira (16), que as aulas da rede pública estadual serão suspensas a partir de quinta-feira (19) no Rio Grande do Sul. A medida ocorre como forma de prevenção ao coronavírus no Estado, onde já são onze casos da doença confirmados. Leite ainda recomendou que a ação seja seguida pela rede privada.
O governador Eduardo Leite anunciou, em pronunciamento em suas redes sociais nesta segunda-feira (16), que as aulas da rede pública estadual serão suspensas a partir de quinta-feira (19) no Rio Grande do Sul. A medida ocorre como forma de prevenção ao coronavírus no Estado, onde já são onze casos da doença confirmados. Leite ainda recomendou que a ação seja seguida pela rede privada.
Outra ação anunciada diz respeito aos servidores públicos. A determinação para que pessoas com sintomas ou que tenham retornado de viagem sejam encaminhados para teletrabalho foi estendida para os servidores com mais de 60 anos e das servidoras grávidas. Além disso, trabalhadores da saúde e segurança pública e administração penitenciárias que estavam em férias serão reconvocados.   
Também foram suspensos os recadastramentos de servidores aposentados e pensionistas para a chamada prova de vida. O prazo está adiado pelo prazo de 120 dias. 
Leite ainda afirmou que vai encaminhar à Assembleia Legislativa um projeto de lei de contrações emergenciais para a área da Saúde. O objetivo é reforçar a estrutura que dará suporte aos gaúchos nas próximas semanas. 
O governo suspendeu todos os seus atos, como os eventos com mais de 100 pessoas. Futuramente, dependendo do avanço da pandemia, essa medida pode vir a ser uma restrição imposta no Estado. As ações serão publicadas via decreto entre esta segunda e terça-feira (17).
Após anunciar medidas para reduzir o contágio da doença, o governador procurou tranquilizar a população. "Não há motivo para pânico e correria. Mantemos a normalidade, apenas com redução de exposição", afirmou. Leite reforçou a necessidade dos cuidados básicos, como a etiqueta respiratória, e pediu a colaboração de todos.
Leite falou ao lado do vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior, e demais nomes do governo, como o chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, e dos secretários da Saúde e da Educação, Arita Bergmann e Faisal Karam, entre outros.