Porto Alegre, terça-feira, 17 de março de 2020.
Dia Internacional da Marinha. Dia de São Patrício.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Educação

16/03/2020 - 12h10min. Alterada em 17/03 às 15h12min

Prefeitura de Porto Alegre suspende aulas em escolas públicas e privadas e universidades

Marchezan realiza reuniões para definir medidas de enfrentamento ao coronavírus

Marchezan realiza reuniões para definir medidas de enfrentamento ao coronavírus


REPRODUÇÃO TWITTER/DIVULGAÇÃO/JC
A Prefeitura de Porto Alegre anunciou no final da manhã desta segunda-feira (16) a suspensão das aulas nas escolas públicas e privadas de Ensino Fundamental e Ensino Médio e universidades, a partir de quarta-feira (18). Na Educação Infantil, as atividades serão mantidas. A recomendação das secretarias Municipal da Saúde e da Educação, no caso da Educação Infantil, é que os pais que puderem fiquem com suas crianças em casa.
A Prefeitura de Porto Alegre anunciou no final da manhã desta segunda-feira (16) a suspensão das aulas nas escolas públicas e privadas de Ensino Fundamental e Ensino Médio e universidades, a partir de quarta-feira (18). Na Educação Infantil, as atividades serão mantidas. A recomendação das secretarias Municipal da Saúde e da Educação, no caso da Educação Infantil, é que os pais que puderem fiquem com suas crianças em casa.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
A medida deve reduzir em mais de 300 mil o fluxo de pessoas na Capital. O pedido de suspensão de aulas foi feito para instituições de Ensino Superior, o que elevaria para mais de 400 mil pessoas afetadas. "Um quarto da população de Porto Alegre deixa de circular", observou o secretário da Educação, Adriano Naves de Brito.   
O anúncio foi feito pelo prefeito Nelson Marchezan Jr em entrevista coletiva, quando foram apresentadas outras medidas para enfrentar a pandemia do novo coronavírus.
> Acesse tudo sobre o coronavírus, o que é, contágio, prevenção e situação pelo mundo e no Brasil
O prefeito realiza ao longo do dia uma série de reuniões que tem como pauta o enfrentamento ao coronavírus. Além de se reunir com secretários municipais, ele se reunirá com com reitores de universidades da Capital e com as mais de 400 entidades contratualizadas pela educação do município. A ideia é buscar apoio em ações que possam ser adotadas.
Durante o dia, ocorrerão ainda reuniões com empresas de transporte individual, como taxistas e de aplicativos, e público, como a Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), Trensurb  e Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros (ATM).
Também estão previstos encontros com representantes de produtoras de eventos, entidades empresariais que representam setor de comércio, serviços e restaurantes, além de entidade da área de tecnologia da Capital.