Porto Alegre, segunda-feira, 16 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Educação

16/03/2020 - 09h53min. Alterada em 16/03 às 12h36min

Colégio Israelita suspende as aulas presenciais a partir de quarta-feira

Escola tem cerca de 950 alunos distribuídos entre a Educação Infantil, Ensinos Fundamental e Médio

Escola tem cerca de 950 alunos distribuídos entre a Educação Infantil, Ensinos Fundamental e Médio


Colégio Israelita Brasileiro/Divulgação/JC
O Colégio Israelita Brasileiro, em Porto Alegre, por meio do seu Comitê de Gestão Covid-19, anunciou na noite de domingo (15) que a partir da próxima quarta-feira (18) as aulas presenciais serão interrompidas, sendo substituindo por atividades pedagógicas realizadas em plataforma on-line. A escola tem aproximadamente 950 alunos.
O Colégio Israelita Brasileiro, em Porto Alegre, por meio do seu Comitê de Gestão Covid-19, anunciou na noite de domingo (15) que a partir da próxima quarta-feira (18) as aulas presenciais serão interrompidas, sendo substituindo por atividades pedagógicas realizadas em plataforma on-line. A escola tem aproximadamente 950 alunos.
As aulas presenciais desta segunda (16) e terça-feira (17) estão mantidas para que essa dinâmica possa ser explicada com tranquilidade aos alunos, enquanto as famílias se organizam.
A partir de quarta-feira, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, as aprendizagens terão continuidade, de forma adaptada, por meio da plataforma Google Classroom e de outras ferramentas tecnológicas. A equipe docente preparou um conjunto de procedimentos pedagógicos com conteúdos e atividades, que favorecem a continuidade do processo de aprendizagem. A partir de terça-feira serão enviados tutoriais explicando o uso da plataforma. Os alunos receberão atividades para executar e receberão atendimento on-line dos professores.
No caso da Educação Infantil, os pais receberão material com sugestões de atividades para as crianças.
“O Colégio reconhece e lamenta os impactos de logística que essa decisão traz às famílias. No entanto, a decisão é impreterível. Contamos com a compreensão de todos. Ao longo deste período de substituição das aulas presenciais, que se estenderá até o dia 30 de março, o Comitê continuará avaliando a situação e os desdobramentos da pandemia. Caso haja qualquer modificação no cenário ou uma nova decisão, comunicaremos a todos imediatamente”, diz a nota da escola.