Porto Alegre, sexta-feira, 13 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

aviação

13/03/2020 - 16h09min. Alterada em 13/03 às 16h09min

American Airlines suspende voos para Guarulhos em meio ao coronavírus

A suspensão tem início na próxima quinta-feira (19)

A suspensão tem início na próxima quinta-feira (19)


GREG BAKER/AFP/JC
Diante da crise global decorrente da pandemia do coronavírus, a American Airlines anunciou a suspensão, nesta sexta-feira (13), de algumas rotas de voos para Guarulhos, em São Paulo, e aeroportos no Chile e Argentina.
Diante da crise global decorrente da pandemia do coronavírus, a American Airlines anunciou a suspensão, nesta sexta-feira (13), de algumas rotas de voos para Guarulhos, em São Paulo, e aeroportos no Chile e Argentina.
De acordo com comunicado da empresa, foram suspensos os serviços entre o Aeroporto Internacional de Dallas/Fort Worth e o Aeroporto Internacional de Los Angeles para Guarulhos. A estimativa é de retomada em 4 de junho e 25 de outubro, respectivamente.
A suspensão tem início na próxima quinta-feira (19).
Além disso, Dallas para Santiago e voos de diversos aeroportos para Buenos Aires foram suspensos.
A empresa encerrou definitivamente ainda o serviço do Aeroporto Internacional de Miami para Córdoba.
A companhia informou que espera reduzir a capacidade internacional para a temporada de verão em 34% em relação ao cronograma de vendas anterior, incluindo uma redução de 50% na capacidade transatlântica em abril.
A empresa disse que continua a operar voos para a Europa por até sete dias para garantir que clientes e funcionários possam retornar para suas casas.