Porto Alegre, sexta-feira, 06 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

COMENTAR | CORRIGIR

Dia C

Notícia da edição impressa de 06/07/2018. Alterada em 06/07 às 13h46min

No Dia Internacional do Cooperativismo, pequenas ações promovem grandes mudanças

Todas as regiões do Estado receberam ações do Dia C desenvolvidas pelas cooperativas locais

Todas as regiões do Estado receberam ações do Dia C desenvolvidas pelas cooperativas locais


LUIZA PRADO/JC
Toda a cooperativa carrega, em sua razão de ser, o compromisso de buscar um mundo mais justo e igual. O bem-estar da comunidade do entorno faz parte e é preocupação de todas elas. Assim nasce o Dia de Cooperar (Dia C), movimento nacional de responsabilidade social, apoiado pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), que prevê iniciativas voluntárias diferenciadas, contínuas e transformadoras, e que mostram os valores cooperativistas para a sociedade.
Em 2018, o tema desta data - que também comemora o Dia Internacional do Cooperativismo - mostrou que "atitudes simples movem o mundo". "Pois realmente acreditamos nisso. Há atividades voluntárias nas áreas de educação, cultura, saúde, esporte, meio ambiente e muitas outras possibilidades. É preciso ter algum conhecimento e tempo. E, claro, querer compartilhar um pouco disso com quem precisa", afirma José Zigomar Vieira dos Santos, gerente de Promoção Social do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Rio Grande Do Sul (Sescoop-RS).
O Dia C propõe que as cooperativas possam contribuir ativamente com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), que, por sua vez, buscam tornar o mundo um lugar mais justo e menos desigual até 2030. "Já tivemos atividades bem diversas e todas bem importantes, como reciclagem, limpeza de rio, distribuição de mudas e também brincadeiras com crianças, orientações nutricionais e testes de glicemia", revela.
Todas as regiões do Estado receberam ações do Dia C desenvolvidas pelas cooperativas locais. E a meta é seguir na expansão do programa a fim de que atividades pontuais tornem-se iniciativas continuadas e levem serviços que as pessoas precisam imersos nos valores cooperativistas.
Neste ano, o Dia C movimentou 104 cidades no Rio Grande do Sul, onde cooperativas desenvolveram ações que mobilizaram mais de 5 mil voluntários em 125 atividades. "Mais de 100 mil pessoas foram beneficiadas pelas ações do Dia C neste ano. Nosso grande desafio daqui para frente é transformá-las em ações permanentes, reforçando a mensagem de que todo dia é dia de cooperar", explica.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Todos os países-membros das Nações Unidas, em 2015, aprovaram a adoção da Agenda 2030 e dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. No documento está a preocupação em integrar os três pilares do desenvolvimento: social, econômico e ambiental. Saiba:
  • Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares;
  • Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoraria da nutrição, e promover a agricultura sustentável;
  • Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades;
  • Assegurar a educação inclusiva e equitativa de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos;
  • Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas;
  • Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos;
  • Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos;
  • Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos;
  • Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles;
  • Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis;
  • Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis;
  • Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos;
  • Conservar e usar sustentavelmente os oceanos, os mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável;
  • Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter, reverter a degradação da terra, e deter a perda de biodiversidade;
  • Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à Justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis;
  • Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia