Porto Alegre, quarta-feira, 12 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

COMENTAR | CORRIGIR

Entidade

Notícia da edição impressa de 12/09/2018. Alterada em 12/09 às 14h48min

Banrisul festeja 90 anos com lucro recorde no primeiro semestre

Crescimento foi de 60% em comparação ao primeiro semestre de 2017

Crescimento foi de 60% em comparação ao primeiro semestre de 2017


MARCELO G. RIBEIRO/JC
"É um resultado histórico para comemorar os 90 anos", afirmou confiante o presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Veras Mota, ao anunciar, durante coletiva de imprensa em agosto, que a instituição alcançou o lucro líquido de R$ 505,9 milhões nos primeiros seis meses de 2018. Foi o melhor desempenho de sua história em um semestre e Mota destacou que o banco vem sendo preparado para produzir resultados desta natureza. Com esta performance, o Banrisul registrou um incremento de 60% em comparação ao primeiro semestre de 2017 e, se mantiver este ritmo, poderá encerrar o ano com um novo recorde anual em relação a 2017, quando o lucro líquido foi de R$ 1,05 bilhão.
Os números revelam uma instituição financeira eficiente, moderna e sustentável e que, ao longo dos anos, consolida seu papel como agente estratégico no desenvolvimento socioeconômico regional. Isso se deve à atuação voltada aos interesses do Estado e com uma larga visão da sua importância como parceiro dos gaúchos em diferentes áreas. É assim desde a fundação, em 1928, e agora, rumo aos 100 anos, o foco é o de inovar para continuar apoiando o crescimento e a transformação da sociedade.
Vocacionado ao varejo pessoa física e jurídica e à agropecuária, o banco evidenciou esse perfil na tradicional Expointer. Em mais uma edição da feira, atendeu a demanda por crédito rural dos agricultores familiares, médios produtores, agricultores empresariais, cooperativas e empresas do setor do agronegócio.
A carteira de crédito rural do Banrisul recebeu pedidos de financiamentos, tanto para a compra de animais como de máquinas e equipamentos agrícolas. No primeiro semestre, o saldo total da carteira de crédito rural foi de R$ 2,31 bilhões e foram contratadas 5.225 operações, das quais 641 são relativas a recursos repassados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) de longo prazo.
O Banrisul também está intensificando os negócios rurais junto às cadeias agropecuárias do Estado e, no primeiro semestre, disponibilizou recursos para a formação das lavouras de inverno e para as compras de animais nas feiras oficiais promovidas no Rio Grande do Sul. Para se ter uma ideia, no último ano agrícola, encerrado em junho, o banco disponibilizou no sistema financeiro do Estado um total de R$ 2,2 bilhões para aplicação em crédito rural e foi aplicado R$ 1,6 bilhão.
Em relação ao crédito comercial pessoa física, o Banrisul registrou um movimento de R$ 17,4 bilhões, sendo que apenas as operações de crédito consignado chegaram a R$ 12,7 bilhões no primeiro semestre. Por conta da retração da economia, o crédito comercial para pessoa jurídica sofreu uma redução e fechou o semestre em R$ 6,3 bilhões. Para apoiar os pequenos empreendedores, o banco lançou este ano o Crédito Simples Banrisul como uma nova modalidade de capital de giro para micro e pequenas empresas. A iniciativa faz parte do Programa Especial de Crédito para Micros e Pequenas Empresas que incentiva o empreendedorismo no Estado.

Identificação com as comunidades

Nei Pereira dos Santos, prefeito de Caraá, diz que presença do 
banco é fundamental para fomentar recursos para o município
Nei Pereira dos Santos, prefeito de Caraá, diz que presença do banco é fundamental para fomentar recursos para o município
/PREFEITURA DE CARAÁ/DIVULGAÇÃO/JC
Com cerca de 4 milhões de clientes ativos, o Banrisul contava no primeiro semestre de 2018 com uma rede de 1.165 pontos de atendimento distribuídos em 517 agências, das quais 494 no Rio Grande do Sul, 17 em Santa Catarina, quatro em outros estados - Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal (Brasília) - e duas no exterior - nos Estados Unidos (Miami) e Ilhas Cayman.
A forte identificação com as comunidades fica ainda mais evidente em localidades gaúchas onde o Banrisul é a única instituição financeira presente - sem considerar os correspondentes bancários. Em oito municípios do Estado, a única agência bancária disponível é a do banco gaúcho e em outros oito só há uma instituição financeira presente e também é o banco que lá está por meio de um posto de atendimento.
É o caso do município de Caraá, que pertencia a Santo Antônio da Patrulha. Com cerca de 7,8 mil habitantes e economia voltada à agricultura e também à atividade dos ateliês de produção de calçados, a pequena cidade dispõe apenas da agência do Banrisul. O prefeito Nei Pereira dos Santos afirma que a presença do banco é fundamental para a cidade não apenas pelos serviços bancários à disposição dos habitantes, mas principalmente porque "fomenta recursos para o município", facilitando a atração de novos negócios. Sem o funcionamento da agência, os moradores teriam de se deslocar 10 quilômetros até Santo Antônio da Patrulha para ter atendimento. A agência foi inaugurada em 2012, no mesmo endereço onde desde 1995 funcionava como um posto bancário vinculado à agência de Santo Antônio da Patrulha.
Além de agências e pontos de atendimento, o banco dispõe de uma rede de correspondentes bancários, a Banriponto. São estabelecimentos comerciais conveniados e aptos a receber pagamentos, depósitos e saques, entre outros serviços. Para os clientes, a principal vantagem é a flexibilidade de horários e a possibilidade de escolher o estabelecimento mais perto de sua casa ou serviço. De acordo com o balanço do primeiro semestre, em junho haviam 1.255 Banripontos que foram responsáveis por uma movimentação financeira de R$ 10,5 bilhões.

Conheça os dirigentes

Palavra do presidente

Chegamos aos 90 anos sólidos como organização, firmes na nossa missão de fomentar o desenvolvimento econômico e social do Rio Grande do Sul, sendo casa não apenas de tantos conterrâneos que nos escolheram, na condição de clientes, quanto grande geradora de oportunidades a profissionais que aqui desempenham carreiras alongadas e de sucesso. Não seríamos o que somos, não teríamos a grandeza que temos, não alcançaríamos os resultados que nos fortalecem sem que, ao longo dessas nove décadas, uma força se impusesse como natural no Banrisul: a de quem nele trabalha. Dos pioneiros, que o puseram em funcionamento, em 1928, aos mais de 10 mil que compõem o seu quadro atual. Todos contribuíram e contribuem para torná-lo a instituição líder no mercado gaúcho. Fortalecido na qualidade de seus quadros e no reconhecimento pelos gaúchos, rejuvenescidos pela constante atualização e baseados na evolução que marca a nossa trajetória, comemoramos o atual aniversário olhando para o futuro: rumo ao centenário!
- Luiz Gonzaga Veras Mota, Presidente do Banrisul
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia