Porto Alegre, sexta-feira, 20 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMBUSTÍVEIS

- Publicada em 20/05/2022 às 19h28min.

Estado receberá R$ 471,6 milhões do governo federal oriundos de recursos do pré-sal

Em todo o País serão repassados R$ 7,7 bilhões resultantes dos leilões do pré-sal

Em todo o País serão repassados R$ 7,7 bilhões resultantes dos leilões do pré-sal


AGÊNCIA PETROBRAS/DIVULGAÇÃO/JC
O Rio Grande do Sul receberá R$ 471,6 milhões do governo federal nos próximos dias, referentes à arrecadação dos bônus de assinatura do leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, do pré-sal. O leilão para exploração de petróleo e gás natural, realizado em dezembro de 2021, rendeu bônus de assinatura total de R$ 11,1 bilhões, e os investimentos previstos são de cerca de R$ 204 bilhões. No total, serão repassados R$ 7,7 bilhões para estados e municípios, ainda em maio.
O Rio Grande do Sul receberá R$ 471,6 milhões do governo federal nos próximos dias, referentes à arrecadação dos bônus de assinatura do leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, do pré-sal. O leilão para exploração de petróleo e gás natural, realizado em dezembro de 2021, rendeu bônus de assinatura total de R$ 11,1 bilhões, e os investimentos previstos são de cerca de R$ 204 bilhões. No total, serão repassados R$ 7,7 bilhões para estados e municípios, ainda em maio.
“Os recursos serão repassados aos 26 estados, Distrito Federal e a todos os 5.569 municípios do Brasil e podem ser investidos na educação, saúde e obras de infraestrutura. Esse repasse foi possível graças à atração de capitais privados realizada pelo governo federal por meio dos nossos leilões. Os recursos serão revertidos diretamente para o bem-estar da nossa população”, afirmou o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida.
Esse foi o segundo maior leilão de petróleo e gás promovido no mundo. De acordo com o governo federal, o maior leilão também foi realizado na gestão do presidente Jair Bolsonaro, em 2019 (campos de Búzios e Itapu). Com os dois processos, foram repassados cerca de R$ 20 bilhões a estados e municípios.
Com oito leilões de petróleo e gás natural realizados pela atual gestão, foram garantidos investimentos de mais de R$ 800 bilhões e arrecadação governamental superior a R$ 1 trilhão, ao longo de 30 anos, com expectativa de criação de mais de 500 mil empregos.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Leia também