Porto Alegre, terça-feira, 10 de maio de 2022.
Porto Alegre,
terça-feira, 10 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

GASTRONOMIA

- Publicada em 09/05/2022 às 17h38min.

Refúgio do Lago abre dia 19 na Redenção, mas já recebe público para testes

Local, entre o espelho d'água e o lago da Redenção, tem cinco operações de gastronomia e um bar

Local, entre o espelho d'água e o lago da Redenção, tem cinco operações de gastronomia e um bar


LUIZA PRADO/JC
Fernanda Crancio
Retirados há cinco dias, os tapumes que cercavam o Refúgio do Lago, complexo de lazer e gastronomia encravado no Parque da Redenção, revelaram ao público a novidade que já reaproximado frequentadores e curiosos da nobre área verde do parque. Após cerca de cinco meses de obras, o empreendimento, que integra seis operações gastronômicas e inaugura oficialmente no dia 19 de maio, vem desde o dia 6 funcionando em fase de testes, com atendimento reduzido, para conferir tanto a resposta do público quanto a necessidade de ajustes para a operação a pleno.
Retirados há cinco dias, os tapumes que cercavam o Refúgio do Lago, complexo de lazer e gastronomia encravado no Parque da Redenção, revelaram ao público a novidade que já reaproximado frequentadores e curiosos da nobre área verde do parque. Após cerca de cinco meses de obras, o empreendimento, que integra seis operações gastronômicas e inaugura oficialmente no dia 19 de maio, vem desde o dia 6 funcionando em fase de testes, com atendimento reduzido, para conferir tanto a resposta do público quanto a necessidade de ajustes para a operação a pleno.
De acordo com Pedro Santarem, um dos sócios do local, a ideia foi retirar os tapumes e ver como as coisas funcionariam ao longo do final de semana de testes. No entanto, a receptividade foi tanta, especialmente em função do tempo favorável e da comemoração do Dia das Mães, que surpreendeu a equipe. "O público realmente abraçou o Refúgio do Lago, milhares de pessoas passaram por lá nesses três dias de soft opening. Foi muito legal ver todas as vagas ocupadas e as coisas funcionando, e bom principalmente para testarmos nossa capacidade", explica o empreendedor, que integra a empresa IoPark, que obteve a concessão da área por cinco anos, com possibilidade de renovação por mais cinco.
O local, situado entre o espelho d'água e o lago do parque, conta com um bar e cinco operações de gastronomia instalados em contêineres que são acessados por uma área central de mesas e bancos. Há ainda a possibilidade de sentar no mezanino das estruturas e ficar bem próximo das copas das árvores, locais mais disputados nesses primeiros dias. Há capacidade para cerca de 300 pessoas, e os pedidos são feitos e pagos pelo cliente diretamente em totens, que geram um ticket a ser entregue para a retirada do produto em um dos seis estabelecimentos. Dinheiro não é aceito, apenas cartões de débito e crédito, e não há possibilidade de reserva de mesas.
O Refúgio do Lago foi instalado na área em que funcionava o antigo orquidário do parque, parcialmente destruído por um temporal em 2016. De acordo com a IoPark, nenhuma modificação foi feita na área original, já que o empreendimento foi construído em uma clareira do que sobrou do orquidário, demolido pela prefeitura em 2018.
Além da grande movimentação no final de semana e horário de almoço, Santarem destaca ainda o público diversificado do turno da manhã, que reúne desde idosos curiosos e que entram para um café, aos atletas habituais do parque, que renovam as energias com uma parada para um açaí ou uma água. "Esses primeiros dias de funcionamento já nos mostram a grande aceitação, inclusive com espera por lugares. Nossa sugestão é para que as pessoas que queiram conhecer o Refúgio venham em horários alternativos, durante a semana, onde com certeza terão mais espaço", sugere Santarem.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2022/05/10/206x137/1_lp_100522___refugio_do_lago__5_-9625700.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'627a860e2b164', 'cd_midia':9625700, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2022/05/10/lp_100522___refugio_do_lago__5_-9625700.jpg', 'ds_midia': 'Fotos do Refúgio do Lago, complexo gastronômico e de lazer na Redenção. ', 'ds_midia_credi': 'LUIZA PRADO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Fotos do Refúgio do Lago, complexo gastronômico e de lazer na Redenção. ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Operações funcionam diariamente, das 8h às 22h,  na área que abrigada o antigo orquidário do parque, destruído em 2018. Fotos: Luiza Prado/JC
No dia 18 o grupo fará uma abertura para convidados e, no dia seguinte, inicia oficialmente as operações, das 8h às 22h, diariamente. Com cerca de mil metros quadrados de área, o espaço também conta com banheiros públicos, palco para apresentações acústicas, espaços pet e kids, estacionamento para bicicletas, área para chimarrão e descanso, iluminação e segurança 24 horas.
Nesse primeiro momento, o empreendimento já gera cerca de 30 empregos diretos nas áreas de atendimento, limpeza e segurança. No entanto, conforme o funcionamento após a abertura oficial deverão ser contratados reforços para ajudar nos horários de pico e na segurança. "Como o fluxo de público deve ser maior à noite, já prevemos necessidade de investir mais nesse turno. Vamos também reforçar a segurança da área à noite", completa o empresário.
As opções de gastronomia incluem pizzaria, restaurante de carnes e burguers, local para alimentação saudável, gelateria e cafeteria, e apenas um bar funciona no local.
Segundo a prefeitura da Capital, a liberação da obra ocorreu em novembro do ano passado, após o término de todo o processo licitatório para uso comercial da área, que, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Urbanismo (Smamus), Germano Bremm, deverá se confirmar como novo ponto turístico e de contato com a natureza na cidade. "Não temos dúvida de que o espaço se consagrará como um concorrido ponto turístico”, afirma.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Leia também