Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Economia

- Publicada em 11 de Janeiro de 2022 às 18:11

Agergs homologa reajuste do gás natural da Sulgás

Concessionária gaúcha quer preservar a capacidade diária de entrega de gás natural no Estado

Concessionária gaúcha quer preservar a capacidade diária de entrega de gás natural no Estado


Janine Pontes / Divulgação Sulgás/JC
Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (11), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Rio Grande do Sul (Agergs) confirmou e homologou o reajuste do gás natural distribuído pela Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás). O efeito médio do aumento que será sentido pelos consumidores será de 27%. As mudanças nas tarifas irão variar dependendo da classe do consumidor e do volume contratado do combustível, indo de 10,69% e 31,57%. Os menores impactos serão sentidos no segmento residencial e o maior nos clientes atendidos por gás natural comprimido (GNC).
Em reunião realizada na tarde desta terça-feira (11), a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Rio Grande do Sul (Agergs) confirmou e homologou o reajuste do gás natural distribuído pela Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás). O efeito médio do aumento que será sentido pelos consumidores será de 27%. As mudanças nas tarifas irão variar dependendo da classe do consumidor e do volume contratado do combustível, indo de 10,69% e 31,57%. Os menores impactos serão sentidos no segmento residencial e o maior nos clientes atendidos por gás natural comprimido (GNC).
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO