Porto Alegre, quarta-feira, 06 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 06 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Missão RS na Europa

- Publicada em 05/10/2021 às 11h47min.

Orla do Guaíba é um dos locais estudados para receber South Summit em 2022

"Este é o grande evento de negócios da chamada nova economia", diz secretário Lamb

"Este é o grande evento de negócios da chamada nova economia", diz secretário Lamb


CRISTIANO VIEIRA/ESPECIAL/JC
Cristiano Vieira, de Madri
Quando se fala no tema inovação e tecnologia, tradicionais espaços como o Instituto Caldeira, no 4º Distrito, e as dependências do Tecnopuc, na zona Leste de Porto Alegre, são potenciais candidatos a sediarem as atividades do South Summit na Capital – que pode ser confirmado na quarta-feira, em Madri. Missão gaúcha visita o país e deve confirmar a novidade, conforme explica o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Estado, Luís Lamb, é o aproveitamento de parte da nova orla do Guaíba para receber também as atividades.
Quando se fala no tema inovação e tecnologia, tradicionais espaços como o Instituto Caldeira, no 4º Distrito, e as dependências do Tecnopuc, na zona Leste de Porto Alegre, são potenciais candidatos a sediarem as atividades do South Summit na Capital – que pode ser confirmado na quarta-feira, em Madri. Missão gaúcha visita o país e deve confirmar a novidade, conforme explica o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Estado, Luís Lamb, é o aproveitamento de parte da nova orla do Guaíba para receber também as atividades.
Jornal do Comércio - O que representa, para o setor de inovação gaúcho, uma possível edição da South Sumitt em Porto Alegre?
Luís Lamb – Este é o grande evento de negócios da chamada nova economia. Quando vivenciamos ontem (segunda-feira) aquela pane do WhatsApp e das redes sociais, de serviços de aplicativos, as pessoas perceberam o valor de inovação e da tecnologia na nova economia. Tanto governo estadual quanto prefeitura de Porto Alegre estão aqui buscando a realização deste evento lá porque o Rio Grande do Sul é um importante foco de inovação no Brasil. Já foi classificado como grande estado inovador do País, conta com grandes universidades, parques tecnológicos e um percentual que representa cerca de 12% da produção científica brasileira.
Jornal do Comércio – Em que formato e como seria o evento em Porto Alegre? Já existem locais definidos, como o Instituto Caldeira e o Tecnopuc?
Lamb – Na verdade, todos os espaços de inovação estão colaborando nessa nossa proposta. Temos aqui representantes da tripla hélice, temos representantes do Legislativo que também apoiam a inovação em termos de normativas. Mas, além dos espaços mencionados, também existe a possibilidade de realizar parte da South Summit junto à nova orla do Guaíba. É uma ideia que estamos conversando com a prefeitura para viabilizar. Seria belíssimo. Isso sem contar com a utilização de prédios históricos como espaços para palestras e debates.
Jornal do Comércio – Na orla, a céu aberto, com a utilização de tendas, por exemplos?
Lamb – Exato, como vemos aqui em Madri (parte da South Summit ocorre em área externa, com coberturas contra chuva), mas aproveitando melhor nossa natureza da orla. É uma maneira, repito, de coroar Porto Alegre um centro da nova economia.
Jornal do Comércio – Caso confirmada a edição de Porto Alegre em 2022, quais os próximos passos?
Lamb – Toda inovação inclui participação. Aqui o evento foi aberto pelo rei, porque o estado é importante nessa construção. Vimos o governador conversando com o rei da Espanha, e percebemos que esse novo momento da economia mundial requer engajamento de todos os atores. Então estaremos juntos todos da quádrupla hélice: governo, academia, empreendedores e sociedade civil para construir estre grande evento.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO