Porto Alegre, segunda-feira, 04 de outubro de 2021.
Dia Mundial da Arquitetura. Dia do Barman e dia Mundial dos Animais.
Porto Alegre,
segunda-feira, 04 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Inovação

- Publicada em 04/10/2021 às 18h22min.

Mercopar 2021 tem recorde de área ocupada

Feira reunirá em torno de 300 expositores a partir desta terça-feira, em Caxias do Sul

Feira reunirá em torno de 300 expositores a partir desta terça-feira, em Caxias do Sul


EDUARDO ROCHA/DIVULGAÇÃO/JC
Roberto Hunoff, de Caxias do Sul
Pelo segundo ano seguido, a Mercopar - Feira de Inovação Industrial – será realizada com público visitante limitado e cumprindo uma série de protocolos sanitários de prevenção e combate à covid-19. A 30ª edição tem início nesta terça-feira (5), a partir de 13h15, estendendo-se até quinta (7), no Parque de Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul. O governador em exercício, Ranolfo Jr., é esperado para a solenidade de abertura.
Pelo segundo ano seguido, a Mercopar - Feira de Inovação Industrial – será realizada com público visitante limitado e cumprindo uma série de protocolos sanitários de prevenção e combate à covid-19. A 30ª edição tem início nesta terça-feira (5), a partir de 13h15, estendendo-se até quinta (7), no Parque de Eventos da Festa da Uva, em Caxias do Sul. O governador em exercício, Ranolfo Jr., é esperado para a solenidade de abertura.
A visitação dias é gratuita e limitada, mediante credenciamento online, evitando aglomerações. Para participar, é necessário ter idade mínima de 18 anos, pois a feira tem caráter técnico de negócios. O horário de funcionamento é das 14h às 20h.
A feira terá mais de 300 expositores em 20 mil m² de área ocupada. Além das empresas do Rio Grande do Sul, organizações do Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. Em 2020, a Mercopar bateu recorde com R$ 128 milhões em negócios gerados, recebeu 7.184 visitantes presenciais e 5.038 acessos na plataforma online. A feira reúne pequenos, médios e grandes negócios de segmentos variados, como metalmecânico, tecnologia da informação, energia e meio ambiente, borracha, automação industrial, plástico, eletroeletrônico, movimentação e armazenagem, e startups.
De acordo com o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul e do Conselho Deliberativo do Sebrae, entidades promotoras da feira, Gilberto Porcello Petry, a Mercopar tem na edição de 2021 a missão de ser um vetor para a retomada da atividade industrial no Brasil. “Muito além de um evento estratégico para o setor, tornou-se referência em protocolos de segurança, sendo a única feira industrial presencial realizada no país cumprindo todos os procedimentos em meio a pandemia do novo coronavírus. O feito possibilitou a realização de negociação em um momento delicado, ofereceu um ambiente de aproximação entre pequenas e grandes empresas e bateu recorde de geração de negócios. A 30ª edição oportunizará muito além de negócios, será um momento de projetar o futuro”, afirmou.
Para o diretor-superintendente do Sebrae-RS, André Vanoni de Godoy, além da retomada econômica, a 30ª Mercopar representa um espaço para alavancar os negócios com novas oportunidades para o próximo ano. “O evento tem protagonismo destacado. Oferecemos muito conteúdo sobre o setor, com projeções para os próximos anos: para onde a indústria vai olhar, como as tecnologias vão evoluir, como serão as relações entre parceiros e quais segmentos se destacarão, como por exemplo, energia e manufaturas sustentáveis”, enfatizou.
Aos moldes do ano passado, quando foi a única feira industrial presencial realizada no país, a edição de 2021 ocorrerá de forma híbrida (on-line e presencial), com o foco na geração de negócios e cumprindo todos os protocolos para garantir a segurança sanitária em meio a pandemia. Por meio de um protocolo desenvolvido a partir de referências nacionais e internacionais, as ações atendem o decreto do governo gaúcho. Neste sentido, estão previstas medidas protetivas da rede hoteleira, no credenciamento e no controle de acessos dos participantes ao evento.

Intensa programação paralela

Além da exposição, a Mercopar terá uma série de atividades paralelas. O Projeto Comprador, confirmado para os três dias, das 14h às 19h, terá rodadas presenciais e digitais. O projeto visa aproximar grandes, micros e pequenas empresas atendidas pelo Sebrae por meio do cruzamento das ofertas e demandas das organizações. O Encontro Virtual de Negócios Internacionais, que proporciona agendas com organizações por meio de uma plataforma de matchmaking online, acontece das 10h às 18h, e, diferentemente de 2020, quando foi realizado de forma online e presencial, nesta edição, será totalmente virtual. Dentre as duas atividades são aguardados 258 compradores e 423 vendedores.

Atração inédita na Mercopar, a Célula Conceito Indústria 4.0 levará para a feira um processo fabril produtivo. O espaço aproximará as premissas e ferramentas da Indústria 4.0 das empresas e mostrará que é possível inserir tecnologias que otimizem os processos, visando ao aumento de produtividade, qualidade e flexibilidade. A projeção é de 64 peças produzidas por hora, durante os três dias da Mercopar, com soluções tecnológicas fornecidas por 13 empresas fornecedoras.

O Fórum Encadear Summit apresentará cases das parcerias do Sebrae com grandes empresas, reflexos da transformação digital nas relações da cadeia e melhores práticas de inovação. A iniciativa, que ocorrerá no Espaço Inspiração, nesta terça, das 16h às 20h, terá como foco o aumento da competitividade pelo pressuposto de estabelecer laços cooperativos de longo prazo que beneficiem, simultaneamente, grandes e pequenas empresas de uma mesma cadeia de valor.

A Jornada 4.0 levará aos diversos setores da indústria um conjunto de competências que viabilizem o desenvolvimento e a adoção de tecnologias habilitadoras no ambiente de produção industrial. Entre os temas estão a manufatura aditiva e digital, Big Data, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, integração de sistemas, robótica avançada, computação em nuvem, segurança digital, sistemas de simulação e digitalização. A programação contempla debates, mostras, cases e conteúdo técnico, uma oportunidade para as indústrias.

O 1º Fórum da Cadeia Automotiva será realizado na manhã desta terça, no Espaço Inspiração. Estreando na feira, o encontro trará tendências e perspectivas do setor automotivo, bem como cases de eletromobilidade. Dentre lideranças esperadas, estarão o presidente da CAOA, Mauro Luis Correia; o vice-presidente da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Leandro Pugliese Siqueira; e o engenheiro da Jaguar, Daniel Thomazi. O Salão da Inovação, espaço conceito com foco na indústria 4.0, com desafios tecnológicos, matchmaking, demonstração de drones, conteúdos e desafios de pitches que conectam startups, grandes empresas, investidores e parceiros do ecossistema de inovação na Arena Sebrae Like a Boss.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO