Porto Alegre, sábado, 31 de julho de 2021.
Porto Alegre,
sábado, 31 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 17h44min, 31/07/2021. Atualizada em 18h53min, 31/07/2021.

Feiras ecológicas do Bom Fim atraem grande fluxo em sábado ensolado

Bancas de feirantes registraram filas de clientes para seguir o protocolo da pandemia

Bancas de feirantes registraram filas de clientes para seguir o protocolo da pandemia


OTM/DIVULGAÇÃO/JC
Osni Machado
A manhã fria, ao redor dos 10ºC, porém, ensolarada deste sábado (31) em Porto Alegre, levou muitas pessoas para a Feira dos Agricultores Ecologistas e a Feira Ecológica do Bom Fim, na avenida José Bonifácio, na área da Redenção.
A manhã fria, ao redor dos 10ºC, porém, ensolarada deste sábado (31) em Porto Alegre, levou muitas pessoas para a Feira dos Agricultores Ecologistas e a Feira Ecológica do Bom Fim, na avenida José Bonifácio, na área da Redenção.
A maioria das 138 bancas das feiras estavam com filas de clientes, que ficaram delimitados por fitas e cones para manter o distanciamento social. Também era possível encontrar álcool em gel em banquinhos nos acessos para fazer a desinfecção. O segmento foi um dos primeiros, quando estourou a pandemia, a se ajustar para manter o funcionamento.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/07/31/206x137/1_img_5332-9375387.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'6105acee34c43', 'cd_midia':9375387, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/07/31/img_5332-9375387.jpg', 'ds_midia': 'Varejo - feiras ecológicas do Bom Fim - Parque da Redenção - movimento manhã sábado - consumidores - produtos orgânicos - pandemia - distanciamento - avenida José Bonifácio - alimentos - Porto Alegre - grande movimento - cuidados da pandemia - álcool em gel para clientes', 'ds_midia_credi': 'PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Varejo - feiras ecológicas do Bom Fim - Parque da Redenção - movimento manhã sábado - consumidores - produtos orgânicos - pandemia - distanciamento - avenida José Bonifácio - alimentos - Porto Alegre - grande movimento - cuidados da pandemia - álcool em gel para clientes', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
Frascos de álcool em gel estavam no acessos às bancas para garantir a desinfecção. Foto: Patrícia Comunello/JC
Pela primeira vez, os participantes das feiras, de modo quase por unanimidade, manifestaram o entusiasmo com o aumento gradativo no número de pessoas e atribuíram este fato a ampliação da cobertura vacinal contra a Covid-19.
De acordo com Paulo Sergio Ludwig, um dos membros da Comissão de Feira, apesar das baixas temperaturas, o sábado de sol construiu para o aumento de público. Ludwig, por outro lado, lamenta um pouco sobre o clima adverso dos últimos dias, quando ocorreu frio intenso, geada e em algumas regiões chuva e granizo. “Isto é coisa que os produtores têm de conviver”, diz.
Ludwig explica que uma das alternativas encontrada pelos produtores e que permanece é o atendimento antecipado dos clientes. As pessoas fazem as compras por telefone e depois vão até a feira para retirar as suas mercadorias. Isto segundo ele, está dando certo.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/07/31/206x137/1_paulo_sergio_ludwig-9375299.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'61058b9c0446b', 'cd_midia':9375299, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/07/31/paulo_sergio_ludwig-9375299.jpg', 'ds_midia': 'Paulo Sergio Ludwig é um dos membros da Comissão de Feira Ecológica do Bom Fim', 'ds_midia_credi': 'OTM/DIVULGAÇÃO/JC ', 'ds_midia_titlo': 'Paulo Sergio Ludwig é um dos membros da Comissão de Feira Ecológica do Bom Fim', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
Ludwig diz que crescem as compras antecipadas, pelas quais os clientes vão à feira para retirar as encomendas. Foto: OTM/JC
A coordenadora da Associação Agroecológica, Franciele Menoncin Belle, agricultora em Antônio Prado, relata prejuízos com o clima. Ela informa que muitos produtores da região da Serra Gaúcha tiveram perdas, que foram ocasionadas pela amplitude térmica, ou seja, períodos com dias com calor, seguidos pelo frio.
Franciele comenta que, se o frio se mantivesse em um longo período, como por exemplo, entre maio a agosto, as plantas estariam adaptadas.
“Com o calor, as plantas começam a florescer e frutificar, mas com a temperatura baixa acabam morrendo”, explica a agricultora.
Segundo Franciele, outro problema é a geada, que causa danos principalmente às hortaliças. A jovem produz verduras, flores comestíveis e legumes, como abobrinha. Já Giovanni Neves, proprietário da Hayashi cogumelos, também relatou problemas com o clima, que afetou a sua produção.
Por outro lado, Bárbara Primachik, voluntária na feira, comemorava a participação das pessoas. Eliane Scapinelli, uma das sócias proprietárias, na banca Apema 2, também estava feliz com a venda de suas hortaliças.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/07/31/206x137/1_img_5296-9375401.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'6105ad7279c06', 'cd_midia':9375401, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/07/31/img_5296-9375401.jpg', 'ds_midia': 'Varejo - feiras ecológicas do Bom Fim - Parque da Redenção - movimento manhã sábado - consumidores - produtos orgânicos - pandemia - distanciamento - avenida José Bonifácio - alimentos - Porto Alegre - grande movimento - barraca da Rafael Vencato - marca Terra Amor - com temperas e chás orgânicos - lança linha para alimentaçãok de bebês', 'ds_midia_credi': 'PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Varejo - feiras ecológicas do Bom Fim - Parque da Redenção - movimento manhã sábado - consumidores - produtos orgânicos - pandemia - distanciamento - avenida José Bonifácio - alimentos - Porto Alegre - grande movimento - barraca da Rafael Vencato - marca Terra Amor - com temperas e chás orgânicos - lança linha para alimentaçãok de bebês', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
A fisioterapeuta Rafaela Vencato, que largou a profissão para abrir seu negócio de temperos e chás orgânicos, apresentou aos clientes os lançamentos da sua marca Terra Amor, voltados à alimentação de bebês, que começam a experimentar os sabores. São três tipos de temperos. A feira, para Rafaela, é um momento único de encontro com a clientela de seus produtos:
"É o contato direto com o consumidor, para saber o que ele gosta e quer. É uma relação que abre oportunidades de a gente fazer e atender ao que ele busca."
Já na finaleira da manhã e começo da tarde de sábado, o fluxo se manteve forte de muitos moradores que preferem ir neste horário para pegar a chamada xepa da feira quando os produtores baixam preços para evitar voltar para casa com muito produto. É mais oportunidade para quem não ficou em casa no sábado de céu azul e muito sol.   
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário