Porto Alegre, domingo, 01 de agosto de 2021.
Porto Alegre,
domingo, 01 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

aviação

- Publicada em 18h19min, 30/07/2021. Atualizada em 12h49min, 01/08/2021.

Azul estreia nesta segunda-feira novos voos para o interior do RS

Bagé é primeira; depois virão Alegrete, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, São Borja e Vacaria

Bagé é primeira; depois virão Alegrete, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, São Borja e Vacaria


Marcos Nagelstein/MTur/JC
A partir desta segunda-feira (2), com um voo de Porto Alegre para Bagé, a Azul inicia as operações para oito cidades do Rio Grande do Sul. Ao longo da semana, a empresa irá voar ainda da Capital para Alegrete, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, São Borja e Vacaria. Além das novas bases, Canela, na Serra, também volta a receber aeronaves da companhia.
A partir desta segunda-feira (2), com um voo de Porto Alegre para Bagé, a Azul inicia as operações para oito cidades do Rio Grande do Sul. Ao longo da semana, a empresa irá voar ainda da Capital para Alegrete, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, São Borja e Vacaria. Além das novas bases, Canela, na Serra, também volta a receber aeronaves da companhia.
Durante a cerimônia, prevista para começar às 7h30min desta segunda-feira, a Azul oficializará cinco novos mercados partindo da capital gaúcha, que devem entrar em operação a partir de outubro: Maringá e Londrina, no interior do Paraná; Uberlândia, no Triângulo Mineiro; além de São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, no interior paulista.
Com as cidades que serão conectadas à malha da Azul, o Rio Grande do Sul passará a ter 15 destinos servidos pela companhia, número recorde e sem precedentes na história do Estado há pelo menos 60 anos. Participarão do evento o governador Eduardo Leite e convidados.
Todos os voos terão ligação com Porto Alegre e serão cumpridos com as aeronaves Cessna Grand Caravan, de nove assentos, da Azul Conecta, empresa sub-regional da Azul. A inclusão das novas operações fará com que a Azul tenha, em média, 54 decolagens diárias a partir do Estado, sendo 12 delas realizadas pela Azul Conecta.
Canela contará com um voo diário para Porto Alegre, enquanto Erechim, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Bagé e São Borja receberão quatro operações semanais. Neste início das ligações com a capital gaúcha, Vacaria e Alegrete - que substituirá as operações inicialmente anunciadas para Santana do Livramento - terão a opção do modal aéreo três vezes por semana.
Antes mesmo do anúncio das novas bases, a Azul já liderava a operação no Rio Grande do Sul. A companhia manteve sua operação na capital Porto Alegre durante a pandemia e reiniciou os voos em Pelotas e Santa Maria em dezembro do ano passado. Em fevereiro deste ano foi a vez de Uruguaiana, Santo Ângelo e Caxias do Sul voltarem a receber aeronaves da companhia.
O interior gaúcho tem tido boas notícias no setor de aviação. Semana passada, o governador visitou as obras de ampliação e modernização do Aeroporto de Passo Fundo. Estão sendo investidos R$ 49 milhões no terminal, o que possibilitará que ele receba aeronaves maiores e haja mais oferta de destinos para rotas dentro e fora do Rio Grande do Sul.
O presidente da Frente Parlamentar da Aviação Regional, que acompanha de perto as negociações e busca de condições para a ampliação da malha interna, o deputado estadual Frederico Antunes, destaca o trabalho conjunto do Legislativo com o govenro. "Nunca na história da aviação em nosso Estado tivemos tantos destinos atendidos de uma vez só. Um impulso para o turismo e economia dessas regiões", aposta Antunes.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário