Porto Alegre, sexta-feira, 30 de julho de 2021.
Porto Alegre,
sexta-feira, 30 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 15h23min, 30/07/2021.

Dia dos Pais pode ter incremento de vendas até 30% superior ao último ano

FCDL-RS projeta melhora expressiva dos indicadores varejistas para a data

FCDL-RS projeta melhora expressiva dos indicadores varejistas para a data


LUIZA PRADO/JC
Celebrado no próximo 8 de agosto, o Dia dos Pais deste ano promete ser muito diferente do que foi em 2020 para o comércio gaúcho. O avanço da vacinação e a diminuição das restrições ao funcionamento das atividades comerciais são fatores que devem contribuir para um incremento das vendas varejistas no Rio Grande do Sul neste período. Em todo o país, a data deve movimentar no comércio cerca de R$23 bilhões, volume superior em quase 30% ao estimado para 2020, que ficou em torno de R$19 bilhões.
Celebrado no próximo 8 de agosto, o Dia dos Pais deste ano promete ser muito diferente do que foi em 2020 para o comércio gaúcho. O avanço da vacinação e a diminuição das restrições ao funcionamento das atividades comerciais são fatores que devem contribuir para um incremento das vendas varejistas no Rio Grande do Sul neste período. Em todo o país, a data deve movimentar no comércio cerca de R$23 bilhões, volume superior em quase 30% ao estimado para 2020, que ficou em torno de R$19 bilhões.
A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS avalia que a data comemorativa pode solidificar a recente retomada das vendas dos segmentos comerciais que enfrentaram problemas mais sérios com as restrições ao seu funcionamento, como vestuário e calçados, por exemplo.
"Na medida em que temos indicadores de uma retomada da empregabilidade, o que amplia o número de pessoas com poder de consumo, de crescimento da imunização da população contra a Covid-19 e a retomada gradual da circulação, cresce a expectativa por resultados positivos nas vendas", explica o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.
Para o presidente, mesmo que a base comparativa para projeção de crescimento seja o último ano, é possível que as vendas em 2021 se igualem ao patamar obtido em 2019, especialmente em roupas, calçados e acessórios, costumeiramente os artigos mais adquiridos por quem deseja presentear o seu pai.
- Como já projetamos há algum tempo, o segundo semestre de 2021 apresenta um horizonte melhor para o varejo estadual. Diante do atual cenário acreditamos que possa haver um incremento de até 30% nas vendas do Dia dos Pais deste ano na comparação com 2020 – projeta Vitor Augusto Koch.
Para aproveitar este momento de retomada, o presidente da FCDL-RS sugere aos lojistas algumas práticas importantes para captar mais clientes, como um contato mais direto com seus clientes, utilizando as redes sociais, a disponibilização de um mix de produtos atraente e de promoções.
Vale lembrar que ofertar condições de pagamento facilitadas também contribui para ampliar as vendas, conquistar e fidelizar consumidores.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário