Porto Alegre, terça-feira, 20 de julho de 2021.
Dia do Amigo.
Porto Alegre,
terça-feira, 20 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Energia

- Publicada em 14h27min, 20/07/2021. Atualizada em 14h46min, 20/07/2021.

Aneel autoriza reajuste nas tarifas de cinco distribuidoras no RS

Os novos valores começam a ser aplicados a partir desta quinta-feira aos consumidores

Os novos valores começam a ser aplicados a partir desta quinta-feira aos consumidores


FERNANDO C. VIEIRA/GRUPO CEEE/DIVULGAÇÃO/JC
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (20) o reajuste tarifário de cinco distribuidoras de energia do Rio Grande do Sul. Juntas, as empresas Centrais Elétricas de Carazinho (Eletrocar), Hidropan Distribuição de Energia, Mux Energia, Nova Palma Energia e Departamento Municipal de Energia de Ijuí (DEMEI) atendem a mais de 120,8 mil unidades consumidoras no estado.
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou nesta terça-feira (20) o reajuste tarifário de cinco distribuidoras de energia do Rio Grande do Sul. Juntas, as empresas Centrais Elétricas de Carazinho (Eletrocar), Hidropan Distribuição de Energia, Mux Energia, Nova Palma Energia e Departamento Municipal de Energia de Ijuí (DEMEI) atendem a mais de 120,8 mil unidades consumidoras no estado.
Os novos valores começam a ser aplicados a partir de quinta-feira (22).
A Eletrocar, que atende 38,4 mil unidades consumidores em Carazinho, terá o reajuste médio da tarifa em 4,24%. Os 18 mil concessionários da Hidropan terão reajuste médio de 6,45%. A concessionária atende o município de Panambi.
Os consumidores da Mux terão as tarifas reajustadas em média em 8,93%. A concessionária atende 11,9 mil unidades no município de Tapejara. Já para os 16,3 mil consumidores da Nova Palma terão a tarifa reajustada em média e, 5,59%. A Nova Palma atende consumidores do município de Faxinal do Soturno.
Já o Departamento Municipal de Energia (Demei) de Ijuí, que atende 35,3 mil unidades consumidoras, terá 8,24% de efeito médio de reajuste na tarifa.
A Aneel disse ainda que tomou um conjunto de ações para evitar que o reajuste nas tarifas da Eletrocar, Hidropan, Mux Energia e Nova Palma fosse maior.
"As empresas Eletrocar e Hidropan tiveram seus índices tarifários atenuados pela reversão do empréstimo da conta-covid, já a revisão da Mux Energia foi amenizada pelo uso de créditos de PIS/Cofins. No caso da Nova Palma, foram quatro ações de redução que juntas totalizaram impacto do reajuste", disse a agência.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário