Porto Alegre, segunda-feira, 12 de julho de 2021.
Dia do Engenheiro Florestal.
Porto Alegre,
segunda-feira, 12 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Aeroportos

- Publicada em 10h49min, 12/07/2021.

Última família deixa Vila Nazaré e ampliação da pista do aeroporto poderá prosseguir

Após a permissão para retomada das obras, conclusão deverá levar cerca de 6 meses

Após a permissão para retomada das obras, conclusão deverá levar cerca de 6 meses


JOYCE ROCHA/JC
Diego Nuñez
O maior reassentamento contínuo da história de Porto Alegre terá fim hoje. Nesta segunda-feira (12), a última família ainda presente na Vila Nazaré deixará o local, após acordo judicial, e as obras de ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho poderão ter seguimento.
O maior reassentamento contínuo da história de Porto Alegre terá fim hoje. Nesta segunda-feira (12), a última família ainda presente na Vila Nazaré deixará o local, após acordo judicial, e as obras de ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho poderão ter seguimento.
Durante todo o processo, um total de 1.157 famílias foram reassentadas – sendo 1.011 moradoras da área do sítio aeroportuário. Em 15 de abril de 2021, já eram apenas 69 famílias no local, segundo o Departamento Municipal de Habitação (Demhab). Atualmente, restam duas unidades familiares, pertencentes à mesma família, que deverá deixar o local até o final da tarde.
Quando isso acontecer, a prefeitura da Capital comunicará a Fraport, concessionária que tem o controle do Salgado Filho, que poderá dar continuidade às obras.
“O que passaram para nós é que, assim que as obras retornarem, levará cerca de 6 meses para serem concluídas, então podemos esperar a ampliação da pista do aeroporto para o início do ano que vem”, previu o secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária, André Machado (PP). A Fraport ainda não confirmou um prazo para a retomada dos trabalhos e nem uma previsão para conclusão.
Machado esteve muito próximo das negociações envolvendo as famílias da Vila Nazaré desde que assumiu o cargo, após a posse do prefeito Sebastião Melo (MDB) em 1º de janeiro deste ano. Ele comemorou o desfecho do impasse: “Um esforço gigante precedeu o dia de hoje. As complexidades da fase final do reassentamento da Vila Nazaré nos desafiaram caso a caso. Mas chegamos ao fim”.
“Tivemos um desfecho muito positivo. Durante todo o processo, sempre respeitamos as famílias, a dignidade de cada um e os direitos humanos – não houve nenhuma remoção forçada, em nenhum momento se precisou utilizar força policial, por exemplo”, afirmou o secretário.
Parte das famílias foi reassentada no loteamento Irmãos Maristas, no bairro Mário Quintana, na Zona Leste de Porto Alegre. Porém, a maior parte dos antigos moradores da Vila Nazaré optou por receber ajuda de custo no valor de R$ 78.889,65, equivalente ao bônus moradia.
Para Machado, “o desenvolvimento econômico traz desenvolvimento social. A ampliação da pista trará aumento das exportações ampliação, que vai repercutir em empregos, arrecadação de impostos e geração de renda para todo o povo gaúcho”.
Até agora, foram concluídos os 920 metros da ampliação da pista operacional, elevando de 2.280 metros para 3.200 metros a extensão total. Mas falta a área de segurança, a chamada Resa, que engloba o terreno da Nazaré e é condição para habilitar o novo traçado. A ampliação permitirá o pouso de aeronaves maiores, impulsionando Porto Alegre na rota internacional de passageiros e transporte de cargas.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário