Porto Alegre, quinta-feira, 10 de junho de 2021.
Dia da Língua Portuguesa.
Porto Alegre,
quinta-feira, 10 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

aviação

- Publicada em 03h00min, 10/06/2021.

Gol anuncia aquisição da MAP Transportes Aéreos por R$ 28 milhões

A Gol Linhas Aéreas anunciou nesta terça-feira a aquisição da MAP Transportes Aéreos, aérea doméstica com rotas regionais e do Aeroporto de Congonhas em São Paulo, por R$ 28 milhões em dinheiro e ações. Segundo a empresa aérea, o pagamento será composto por 100.000 ações GOLL4 a R$ 28/ação e R$ 25 milhões em dinheiro a serem pagos em 24 parcelas mensais, após cumpridas todas as condições precedentes.
A Gol Linhas Aéreas anunciou nesta terça-feira a aquisição da MAP Transportes Aéreos, aérea doméstica com rotas regionais e do Aeroporto de Congonhas em São Paulo, por R$ 28 milhões em dinheiro e ações. Segundo a empresa aérea, o pagamento será composto por 100.000 ações GOLL4 a R$ 28/ação e R$ 25 milhões em dinheiro a serem pagos em 24 parcelas mensais, após cumpridas todas as condições precedentes.
Concluído o negócio, a companhia assumirá até R$ 100 milhões de compromissos financeiros da MAP. A conclusão da transação, afirma a empresa, ainda depende de determinadas condições, incluindo aprovações e confirmações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).
Fundada em 2011, a MAP é a quinta maior aérea brasileira, com uma frota de sete aeronaves ATR com 70 assentos que operam em rotas da região amazônica a partir de Aeroporto de Manaus e nas regiões Sul e Sudeste a partir de Congonhas, o maior aeroporto doméstico do país.
Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o CEO da companhia, Paulo Kakinoff, ressalta que "esta aquisição é um passo importante da nossa estratégia de expansão de malha e capacidade, à medida em que buscamos revitalizar a demanda por viagens aéreas de lazer e a negócios". Com a aquisição, a Gol reforça sua liderança em duas das suas principais bases, com crescimento em Congonhas (SP) de aproximadamente 10%, com a adição de 26 voos diários.
Também ontem, a Associação Internacional de Transportes Aéreos (Iata, na sigla em inglês) informou que, em abril, a demanda global de voos medida em passageiro-quilômetro pago (RPK) recuou 65,4% sobre igual período de 2019, nível pré-pandemia.
A demanda internacional de passageiros em abril foi 87,3% inferior ao verificado em abril de 2019. Já a doméstica caiu 25,7% na mesma base de comparação. Segundo a Iata, todos os mercados, exceto Brasil e Índia, mostraram melhora da demanda em comparação a março de 2021, com China e Rússia relatando crescimento de tráfego em comparação aos níveis pré-covid.
"A forte recuperação contínua nos mercados domésticos nos diz que, quando as pessoas têm liberdade para voar, elas aproveitam. Infelizmente, essa liberdade ainda não existe na maioria dos mercados internacionais e, quando isso acontecer, estamos confiantes de que veremos um ressurgimento da demanda", disse em nota o diretor-geral da Iata, Willie Walsh. Em abril deste ano, a demanda doméstica no Brasil (RPK) recuou 60,9% sobre igual intervalo de 2019.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário