Porto Alegre, quarta-feira, 09 de junho de 2021.
Dia do Porteiro. Dia do Tenista.
Porto Alegre,
quarta-feira, 09 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

TURISMO

- Publicada em 17h34min, 09/06/2021. Atualizada em 17h40min, 09/06/2021.

Plataforma criada no RS conecta projetos a investidores e fomenta negócios na área turística

Projeto Lugar Algum, viabilizado pela ferramenta, cria opções de hospedagem de luxo em meio à natureza

Projeto Lugar Algum, viabilizado pela ferramenta, cria opções de hospedagem de luxo em meio à natureza


PULSO ARQUITETURA/DIVULGAÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Uma plataforma online lançada no Rio Grande do Sul, há cerca de 15 dias, vem conectando, de forma inédita, empreendedores, donos de terrenos e investidores da área turística. Mesmo com pouco tempo de operação, o Prospera.RS, uma ideia que surgiu na serra gaúcha, mas voltada a fomentar o desenvolvimento de negócios e empreendimentos por todo o Estado, já promoveu "matchs" bem-sucedidos e consolidou transações na ordem de mais de R$ 10 milhões.
Uma plataforma online lançada no Rio Grande do Sul, há cerca de 15 dias, vem conectando, de forma inédita, empreendedores, donos de terrenos e investidores da área turística. Mesmo com pouco tempo de operação, o Prospera.RS, uma ideia que surgiu na serra gaúcha, mas voltada a fomentar o desenvolvimento de negócios e empreendimentos por todo o Estado, já promoveu "matchs" bem-sucedidos e consolidou transações na ordem de mais de R$ 10 milhões.
Idealizador da ferramenta, o empreendedor Thomas Fontana reuniu a expertise de três anos como consultor na área de projetos de turismo para desenvolver o serviço, que liga investidores a donos de imóveis ou a um potencial sócio. "Fui maturando a ideia da Prospera.RS ser um hub, uma plataforma que conecta estas partes. Basta elas se cadastrarem explicando seus objetivos e perfis para que, após entendimento do problema, possamos uni-las. O Estado possui regiões riquíssimas para o turismo, mas muitas vezes ainda não descobertas", comenta ele, que também é CEO do Grupo Somos.RS, que trabalha com turismo na Serra.
Lançada oficialmente em um evento online no dia 24 de maio, a plataforma é voltada à ampla cadeia turística, como hotéis, parques temáticos e naturais, museus, vinícolas, centros comerciais e gastronômicos.
O processo é simples, os interessados cadastram sua oportunidades no site (www.prospera.rs) e, em até 48 horas, os analistas da empresa fazem contato para validar os interesses e tirar dúvidas. Após detalhar o projeto, as necessidades dos empreendedores são cruzadas com investidores e/ou imóveis disponíveis, e reuniões entre as partes são agendadas. A remuneração do Prospera.rs se dá pelo proprietário do projeto bem-sucedido, em percentual que varia de acordo com o montante negociado.
Segundo Fontana, a plataforma tem obtido boa resposta nessas duas semanas de operação, com grande volume de projetos e de cadastro de empreendedores. "Isso prova o interesse do mercado neste canal de conexões", enfatiza.
Uma das ideias prestes a ser viabilizada pela plataforma é o Lugar Algum (foto), do empreendedor João Ramos. Apresentado no lançamento do Prospera.RS, o projeto obteve interesse de vários investidores e está em fase de elaboração de protótipo, desenvolvido pela Pulso Arquitetura.
Pela proposta serão instaladas em áreas de montanha, serra, lagos e praias hospedagens em geodésicas, formas semi-circulares feitas em estruturas metálicas com lonas e vidro, possibilitando hospedagem com conforto e luxo, em ambientes de natureza exuberante. "Nada mais é do que uma rede descentralizada de hospedagem em lugares rodeados por natureza. A estrutura oferecerá experiência de um quarto de hotel completo, em conceito atrelado à luxo, conforto e comodidade, possibilitando contato com a natureza em um único ambiente", explica Ramos.
A geodésica piloto será instalada por volta do mês de agosto, provavelmente na região de Três Coroas, na serra gaúcha, mas a ideia é abrir frentes em outros pontos do Estado e do País.
Outro projeto em andamento a partir de conexão do Prospera.RS é o Parque do Pinheiro Grosso, em Canela, que viabilizou captação de recurso junto ao Badesul, e tem previsão de abertura para 2022.
Fontana ressalta que o surgimento da plataforma justamente no momento de retomada do turismo, após as perdas históricas do setor em função da pandemia, não foi por acaso. “A pandemia foi mortal para muitos negócios do turismo gaúcho, mas quem decidir empreender ou investir no setor irá colher anos de prosperidade. Mesmo com vacinação em ritmo mais lento do que gostaríamos, a retomada já está acontecendo de forma muito expressiva. Estimamos que o segundo semestre e próximo ano serão de alta temporada em todos os meses", estima o executivo.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário