Porto Alegre, terça-feira, 01 de junho de 2021.
Dia da Imprensa.
Porto Alegre,
terça-feira, 01 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Responsabilidade Social

- Publicada em 18h59min, 01/06/2021. Atualizada em 19h00min, 01/06/2021.

Empresas Randon assumem compromissos de sustentabilidade

Conglomerado apresentou metas com o meio ambiente, impacto social e a governança

Conglomerado apresentou metas com o meio ambiente, impacto social e a governança


Marcio Campos/Divulgação/JC
Roberto Hunoff, de Caxias do Sul
As Empresas Randon, de Caxias do Sul, lançaram nesta terça-feira (1º), em um evento online para acionistas, imprensa e comunidade, seus cinco compromissos públicos com foco em ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança). Até 2030, o conglomerado tem meta de reduzir em 40% a emissão de gases do efeito estufa; até 2025, eliminar a disposição de resíduos em aterro industrial e o lançamento de efluentes; zerar os acidentes graves nas empresas; e duplicar o índice atual de 11% de mulheres em cargos de liderança. Outro compromisso é ampliar a receita líquida consolidada com novos produtos.
As Empresas Randon, de Caxias do Sul, lançaram nesta terça-feira (1º), em um evento online para acionistas, imprensa e comunidade, seus cinco compromissos públicos com foco em ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança). Até 2030, o conglomerado tem meta de reduzir em 40% a emissão de gases do efeito estufa; até 2025, eliminar a disposição de resíduos em aterro industrial e o lançamento de efluentes; zerar os acidentes graves nas empresas; e duplicar o índice atual de 11% de mulheres em cargos de liderança. Outro compromisso é ampliar a receita líquida consolidada com novos produtos.
Em linha com os objetivos de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas, a companhia desenvolveu sua ambição de sustentabilidade em cinco pilares: condução ética e responsável; excelência e segurança como um valor; compromisso com o meio ambiente; prosperidade para todos e inovação sustentável. Para cada pilar, há um conjunto de ações e projetos internos para alcançar os compromissos elencados.
O CEO das Empresas Randon, Daniel Randon, enfatizou que o futuro das próximas gerações está diretamente relacionado com o crescimento sustentável e colaborativo. E destacou que a pandemia do coronavírus repercutiu não apenas no âmbito pessoal e profissional, mas principalmente na consciência humana. “A prosperidade para todos e a responsabilidade com o planeta é um dever da sociedade”, reforçou.
Uma das principais iniciativas é o projeto Rota Verde, comprometido com o meio ambiente. Por meio dele, as empresas do grupo buscam oportunizar ganhos de ecoeficiência em todas as suas operações. O vice-presidente e COO das Empresas Randon, Sérgio Carvalho, também presidente e CEO da Fras-le, uma das controladas, citou como metas a redução do consumo de energia e água; incremento da logística reversa, economia circular, taxa de conversão e do desenvolvimento de produtos e processos eco-friendly (ecologicamente corretos).
O vice-presidente e CTO do grupo, Daniel Ely, destacou o compromisso com a inovação sustentável em produtos, processos e serviços. Ações neste sentido já estão em andamento como a Randon Ventures, que aporta recursos em startups; os negócios digitais e, mais recentemente, a plataforma Randon Service para atuar nas áreas de logística, financeira e servitização.
Carvalho acrescentou que o grupo está ampliando os projetos em mobilidade e eletrificação, eletrônica embarcada e smart materials. Em 2020, eram 16 iniciativas; neste ano, são 23. “Vários projetos visam à redução do peso dos veículos, o que repercute em menos consumo de combustível e de emissões de carbono”, acentuou.
Daniel Ely explicou que, além do trabalho para elevar o número de mulheres em cargos de liderança, o grupo investirá fortemente na diversidade, envolvendo vários grupos. “Este é um trabalho que requer uma educação interna”, observou. Ely comentou que a marca trabalhará também junto aos mais de 4 mil fornecedores, dos quais 94% são nacionais. “No próximo encontro anual, quando premiarmos os melhores parceiros, vamos incluir a categoria sustentabilidade”, adiantou.
Pela manhã, a Randon S.A e a Fras-le S.A publicaram o Relatório de Sustentabilidade 2020, adotando, pelo segundo ano consecutivo, a Global Reporting Initiative (GRI) Standard. Pela primeira vez, a companhia baseia a construção do documento nas diretrizes do Relatório Integrado, criadas pelo International Integrated Reporting Council com o objetivo de reportar com mais clareza a interligação dos diferentes fatores financeiros e não financeiros e sua relevância à geração de valor do negócio a longo prazo. O conglomerado se tornou signatário do Pacto Global da Organização das Nações Unidas, uma iniciativa proposta para encorajar empresas a adotar políticas de responsabilidade social corporativa e sustentabilidade.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário