Porto Alegre, sexta-feira, 09 de abril de 2021.
Dia Nacional do Aço.
Porto Alegre,
sexta-feira, 09 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

bancos

- Publicada em 13h22min, 09/04/2021.

Banco Mundial defende vacinação universal para recuperação da economia global

'O mundo não derrotará vírus em um mundo dividido', afirmou David Malpass

'O mundo não derrotará vírus em um mundo dividido', afirmou David Malpass


NICHOLAS KAMM/AFP/JC
Em discurso após a Reunião de Primavera, o presidente do Banco Mundial, David Malpass, reforçou a importância da vacinação contra o coronavírus para a recuperação da economia global. Segundo ele, para melhorar o acesso de países em desenvolvimento aos imunizantes, a comunidade internacional precisa garantir o aumento da produção e melhorar a transparência sobre os contratos entre farmacêuticas e governos.
Em discurso após a Reunião de Primavera, o presidente do Banco Mundial, David Malpass, reforçou a importância da vacinação contra o coronavírus para a recuperação da economia global. Segundo ele, para melhorar o acesso de países em desenvolvimento aos imunizantes, a comunidade internacional precisa garantir o aumento da produção e melhorar a transparência sobre os contratos entre farmacêuticas e governos.
"Nosso braço de desenvolvimento do setor privado tem US$ 4 bilhões disponível por meio de sua plataforma de saúde global para ajudar fabricantes a produzirem vacinas, apoiar a produção de equipamentos médicos essenciais e fortalecer serviços sanitários", disse Malpass, no evento.
Ele acrescentou que, à medida que retornem ao crescimento sustentável, os governos continuarão enfrentando "intensas" pressões fiscais. "Eles precisarão priorizar investimentos mais inteligentes em pessoas que tragam dividendos para o futuro", destacou.
O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, que participou do mesmo evento, defendeu a solidariedade global na distribuição de vacinas. Ele alertou para o risco de que as variantes do vírus reduzam a eficácia dos imunizantes. "Muitos países estão avançando para nacionalização de vacinas", disse, acrescentando que o mundo não derrotará vírus em um mundo dividido.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário