Porto Alegre, quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021.
Dia do WebDesigner.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mercado Financeiro

- Publicada em 14h57min, 24/02/2021. Atualizada em 14h58min, 24/02/2021.

Bolsas da Europa fecham em alta com melhora na reta final do pregão

O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou com ganho de 0,46%, a 413,21 pontoS

O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou com ganho de 0,46%, a 413,21 pontoS


ABR/DIVULGAÇÃO/JC
As bolsas da Europa fecharam em alta nesta quarta-feira (24) com melhora na reta final do pregão diante do restabelecimento do apetite por risco nos mercados financeiros. Apesar de preocupações com o aumento nas expectativas de inflação, o arrefecimento da pandemia e o avanço na campanha de vacinação forneceram ímpeto aos negócios.
As bolsas da Europa fecharam em alta nesta quarta-feira (24) com melhora na reta final do pregão diante do restabelecimento do apetite por risco nos mercados financeiros. Apesar de preocupações com o aumento nas expectativas de inflação, o arrefecimento da pandemia e o avanço na campanha de vacinação forneceram ímpeto aos negócios.
O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou com ganho de 0,46%, a 413,21 pontos.
A sessão desta quarta-feira ficou marcada pela volatilidade, causada por temores derivados do rali nos juros de títulos públicos em economias avançadas. No entanto, perto do fechamento, as principais praças europeias firmaram alta, acompanhando a virada registrada em Wall Street.
Os ganhos são impulsionados pela otimismo em relação à covid-19. O Reino Unido já trabalha em um plano para relaxar o lockdown até junho e, de acordo com reportagem do Telegraph, esse prazo poderá ser encurtado se a imunização for bem-sucedida. Com isso, o FTSE 100, de Londres, avançou 0,50%, a 6.658,97 pontos.
Em Frankfurt, o DAX subiu 0,80%, a 13.976,00 pontos, depois que a Alemanha revisou para cima o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) no último trimestre de 2020, para um crescimento de 0,3% no confronto com os três meses anteriores.
O FTSE 100, de Milão, ganhou 0,69%, a 23.098,15 pontos, ajudado pelo salto de 9,16% na ação da Telecom (controladora da TIM Brasil), que informou lucro líquido 100 vezes maior no quarto trimestre de 2020 na comparação com igual período de 2019.
Em Paris, o CAC 40 se elevou 0,31%, a 5.797,98 pontos.
Nas praças ibéricas, o Ibex 35, de Madri, aumentou 0,21%, a 8.269,60 pontos, e o PSI 20, de Lisboa, se fortaleceu 0,11%, a 4.734,57 pontos.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO