Porto Alegre, sexta-feira, 23 de abril de 2021.
Dia Mundial do Livro. Dia Mundial do Escoteiro.
Porto Alegre,
sexta-feira, 23 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

petroquímica

Notícia da edição impressa de 23/02/2021. Alterada em 24/02 às 15h08min

Braskem investirá US$ 61 milhões para ampliar produção de plástico verde

Início da operação está previsto para o final de 2022 e integra plano de reduzir emissões

Início da operação está previsto para o final de 2022 e integra plano de reduzir emissões


MATHIAS CRAMER/TEMPOREALFOTO.COM/DIVULGAÇÃO/JC
A Braskem vai investir US$ 61 milhões (cerca de R$ 330 milhões, na cotação de ontem) para aumentar a capacidade de produção da planta de eteno verde, localizada no Polo Petroquímico de Triunfo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Conhecido como 'plástico verde', o insumo é produzido a partir do etanol de cana-de-açúcar e utilizado para produção de resinas mais sustentáveis.
A expectativa da Braskem é de aumentar 60 mil toneladas por ano na produção de eteno verde - atualmente, são 200 mil toneladas. O início da operação está previsto para o final de 2022. O projeto faz parte da meta da petroquímica de reduzir em 15% suas emissões de gases de efeito estufa até 2030, e alcançar a neutralidade de carbono até 2050.
A unidade no Rio Grande do Sul completou dez anos de operação no ano passado. O etanol chega na planta de Triunfo através dos modais ferroviário e rodoviário. Do total da atual fabricação de plástico verde da Braskem, em torno de 25% é destinado para a América Sul e 75% para Europa, América do Norte e Ásia.
A companhia se comprometeu a neutralizar as suas emissões de carbono até 2050 e os biopolímeros e a química sustentável significarão uma parte relevante para atingir esse objetivo.
A notícia sobre a ampliação da unidade foi antecipada pelo Jornal do Comércio, em matéria publicada em 6 de dezembro do ano passado. A Braskem também não abandonou a ideia de produzir o polipropileno verde, proposta que foi levantada desde a inauguração do complexo de polietileno verde (ocorrida em 24 de setembro de 2010).
O polipropileno é uma resina empregada em diversos setores da economia mundial, como na indústria automotiva, artigos da linha branca (geladeiras, máquinas de lavar etc), entre outros.
Já o polietileno verde é usado na fabricação de sacolas, embalagens rígidas, tampas, filmes para alimentos; enquanto isso, o EVA é utilizado, principalmente, em componentes aplicados na confecção de calçados.
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2021