Porto Alegre, segunda-feira, 11 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 11 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Indústria automotiva

- Publicada em 16h56min, 11/01/2021. Atualizada em 22h33min, 11/01/2021.

Ford fechará fábricas no Brasil, incluindo a da Bahia, que quase foi montada no RS

Montadora em Camaçari foi construída, após impasse para erguer unidade em Guaíba

Montadora em Camaçari foi construída, após impasse para erguer unidade em Guaíba


Vaner Casaes/Ag. BAPress/Folhapress/jc
A norte-americana Ford comunicou nesta segunda-feira (11) que vai parar a produção de veículos no Brasil, o que inclui a unidade na Bahia, situada em Camaçari, que chegou a ser anunciada para ser erguida no Rio Grande do Sul, no fim da década de 1990.  
A norte-americana Ford comunicou nesta segunda-feira (11) que vai parar a produção de veículos no Brasil, o que inclui a unidade na Bahia, situada em Camaçari, que chegou a ser anunciada para ser erguida no Rio Grande do Sul, no fim da década de 1990.  
A unidade de Camaçari seria inicialmente montada em Guaíba, num acerto durante o governo de Antonio Britto (MDB, 1995-1998). Impasse sobre os termos do contrato, principalmente sobre incentivos fiscais e financiamento, entre a companhia e o governo de Olívio Dutra (PT, 1999-2002) acabou levando à desistência do investimento. O terreno que receberia a fábrica na cidade da RMPA até hoje não foi ocupado. 
Em nota, o comando da montadora nos Estados Unidos apontou a reestruturação da companhia, com fechamento de unidades no Brasil, informou o site Bloomberg. A medida vai significar a demissão de 5 mil trabalhadores.
Três unidades serão desativadas. Camaçari, onde são produzidos os modelos Ka e EcoSport, será a primeira a ser fechada. As unidades de Taubaté, em São Paulo, que fabrica motores e transmissões, e de Horizonte, que produz o utilitário Troller T4, serão fechadas ao longo do ano. A montadora já havia encerrado a produção na fábrica de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.
No comunicado, a empresa diz que atenderá o mercado do Brasil com o portfólio global, incluindo modelos montados na Argentina. A redução da estrutura terá impacto de mais de US$ 4 bilhões
“Com mais de um século na América do Sul e no Brasil, sabemos que essas ações são muito difíceis, mas necessárias para criar um negócio saudável e sustentável”, disse Jim Farley, CEO da Ford, em um comunicado, segundo a Bloomberg.
Comentários CORRIGIR TEXTO