Porto Alegre, segunda-feira, 30 de novembro de 2020.
Dia da Reforma Agrária.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 30 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

varejo

24/11/2020 - 18h40min. Alterada em 30/11 às 17h10min

Centro de compras em Esteio terá investimento de R$ 30 milhões

Complexo Multistop tem previsão de inauguração para março do próximo ano

Complexo Multistop tem previsão de inauguração para março do próximo ano


Multistop/Divulgação/JC
Jefferson Klein
Com aporte estimado em torno de R$ 30 milhões e obras em andamento desde agosto, o Multistop Centro de Compras, em Esteio, tem sua inauguração projetada para o final de março do próximo ano. O complexo na Região Metropolitana de Porto Alegre, que está sendo desenvolvido pela CDNL Administração de Imóveis, fica situado ao lado da BR-116 (a cerca de 500 metros da estação Esteio, da Trensurb), onde o grupo InBetta tinha uma operação industrial que acabou sendo transferida.
A CDNL é uma companhia de empreendimentos imobiliários, com alguns acionistas comuns à InBetta, que é detentora das marcas Bettanin, Atlas, Sanremo, Ordene, SuperPro e Lanossi. O diretor financeiro da CDNL e das empresas InBetta, Alexandre Tulini, detalha que, com a disponibilidade do espaço, iniciaram os estudos de possibilidades de empreendimentos que poderiam ser realizados ali e se percebeu uma forte vocação comercial. O Multistop, que contará com quase 20 mil metros quadrados, adotará o conceito de paradouro e terá mais de 400 vagas de estacionamento.
> Leia também: Empresa investe R$ 28 milhões em Centro Logístico na Região Metropolitana
O executivo comenta que já foram firmados acordos para a operação com dois dos principais estabelecimentos que irão atuar no complexo: o Desco Super&Atacado, um atacarejo do Grupo Imec, e a SuperPro, um atacado de ferramentas. Tulini acrescenta que a expectativa é de até a inauguração do centro comercial ter fechado os acertos com as unidades restantes que comporão o complexo como loja de conveniência, praças de alimentação, pet shop, farmácia, entre outras. Quando estiver em pleno funcionamento, a estimativa é de que o Multistop vai gerar, aproximadamente, 300 empregos diretos e 200 indiretos.
O diretor financeiro da CDNL revela que, com a questão da pandemia do coronavírus, a negociação com os parceiros já confirmados foi feita sem contato presencial. “Entendemos que era o melhor momento para fazer as obras, porque acreditávamos que quando o empreendimento fosse inaugurado já estaria com uma situação mais normalizada”, argumenta Tulini. Mesmo com a Covid-19, o diretor-presidente do Grupo Imec, Leonardo Taufer, ressalta que a companhia tem um planejamento de expansão para os próximos quatro anos e Esteio estava no radar da empresa. “Faz parte do processo de crescimento orgânico do grupo olhar para a Região Metropolitana (de Porto Alegre)”, afirma o executivo. O Grupo Imec possui hoje 17 supermercados e seis atacados nas regiões dos Vales do Taquari, do Rio Pardo, do Caí e do Paranhana, além da Região Carbonífera e da Serra gaúcha.
O foco da unidade do Desco Super&Atacado que será aberta no Multistop, reforça Taufer, será o atendimento da população esteiense, mas também é esperada a atração do público que transita pela BR-116. Somente com o atacarejo, que terá mais de 3 mil metros quadrados de área de venda, serão geradas 130 vagas diretas de emprego e 70 indiretas (o processo de seleção de pessoal já iniciou).
Para 2021, o diretor-presidente do Grupo Imec cita que está prevista ainda a abertura de atacarejos Desco em Santa Cruz do Sul e Montenegro, onde o grupo já possui operações, além de haver o planejamento para uma segunda loja da companhia na Região Metropolitana da capital gaúcha. Segundo o executivo, a expansão do grupo está sendo possível devido à ampliação da capacidade logística da empresa através de um novo centro de distribuição que entra em operação no final de novembro, em Lajeado.
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2020