Porto Alegre, quarta-feira, 02 de dezembro de 2020.
Dia Nacional do Astrônomo. Dia do Samba. Dia Pan-Americano da Saúde.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 02 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Aviação

- Publicada em 18h31min, 23/11/2020. Atualizada em 13h13min, 02/12/2020.

Azul retoma em fevereiro voos em Uruguaiana, Santo Ângelo e Caxias do Sul

Pandemia do coronavírus fez companhia descontinuar algumas operações

Pandemia do coronavírus fez companhia descontinuar algumas operações


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Jefferson Klein
Devido à pandemia da Covid-19, a empresa área Azul interrompeu desde abril as rotas para os aeroportos de Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Santo Ângelo e Caxias do Sul.
Devido à pandemia da Covid-19, a empresa área Azul interrompeu desde abril as rotas para os aeroportos de Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Santo Ângelo e Caxias do Sul.
Agora, após a companhia ter confirmado que Pelotas e Santa Maria terão voos retomados em 8 de dezembro, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Aviação Regional no Rio Grande do Sul, deputado estadual Frederico Antunes (PP), adianta que a diretoria do grupo informou que as conexões com os últimos três municípios voltarão a partir de 1º de fevereiro.
Serão voos entre Porto Alegre e Uruguaiana, a capital do Estado e Santo Ângelo, com cinco frequências semanais (segunda a sexta-feira), e Caxias do Sul para Campinas (SP), com sete frequências semanais (segunda-feira a domingo). As vendas das passagens já começam a partir desta quarta-feira (25).
O parlamentar lembra ainda que a empresa anunciou voos, para fomentar o turismo, para Canela e Torres (ligando esses municípios a Porto Alegre), durante os meses de verão e espera a conclusão de obras de melhorias do aeroporto de Passo Fundo para retomar o uso desse complexo.
Antunes admite que uma eventual piora nas condições da pandemia pode fazer com que a Azul reveja seus planos. No entanto, ele espera que isso não ocorra e ressalta que a volta da operação da companhia significa um aquecimento da economia e recuperação dos planos quanto à aviação regional.
Comentários CORRIGIR TEXTO