Porto Alegre, sexta-feira, 20 de novembro de 2020.
Dia Nacional da Consciência Negra. Dia Universal das Crianças.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Tecnologia

- Publicada em 21h36min, 19/11/2020.

'Toda empresa hoje é um player de tecnologia', aponta gestor da InBev

O digital é um caminho sem volta, aponta gestor da InBev

O digital é um caminho sem volta, aponta gestor da InBev


WebJump/Divulgação/JC
Patricia Knebel
Não é modismo. A caminhada rumo a um mundo cada vez mais digital e a criação de experiências de consumo de produtos e serviços diferenciadas não tem mais volta. As mudanças do perfil do consumidor aceleradas pela pandemia, estratégias de vendas no e-commerce e customer experience foram alguns dos destaques do Meet Magento 2020, evento on-line e gratuito que reuniu alguns dos maiores especialistas do setor para troca de conhecimentos, abordagem de novas tendências e exposição de novidades.
Não é modismo. A caminhada rumo a um mundo cada vez mais digital e a criação de experiências de consumo de produtos e serviços diferenciadas não tem mais volta. As mudanças do perfil do consumidor aceleradas pela pandemia, estratégias de vendas no e-commerce e customer experience foram alguns dos destaques do Meet Magento 2020, evento on-line e gratuito que reuniu alguns dos maiores especialistas do setor para troca de conhecimentos, abordagem de novas tendências e exposição de novidades.
Entre os 16 palestrantes nacionais e internacionais, estava o vice-presidente Global de Inovação na Anheuser-Busch InBev, Luiz Gondim, e Chief Technology Officer na Z-Tech. O evento foi uma realização da WebJump, principal Magento Partner na América Latina e referência em soluções tecnológicas para e-commerce B2C e B2B.
Jornal do Comércio - Como criar uma cultura digital, colaborativa e inovadora em uma gigante como a InBev?
Luiz Gondim - Esta pergunta é um grande desafio. O que tenho visto é que tudo precisa começar com alinhamento estratégico, engajamento dos principais stakeholders com clara definição do problema e tamanho da oportunidade. E, na sequência, uma definição clara dentro da equipe. O time precisa estar orientado a resolver, de forma focada, sem sobreposição de tarefas e áreas. Dessa forma, maximizamos os recursos e garantimos uma prática constante de compartilhamento de ideias.
JC - Muitas companhias tradicionais tinham receio de ir para o digital, mas precisaram fazer isso porque não houve alternativa diante da pandemia. Esse é um caminho sem volta?
Gondim - Não existe mais a distinção de empresas regulares e as de tecnologia. Toda empresa hoje é uma empresa de tecnologia. O caminho digital deve ser encarado como um caminho sem volta, como o novo tradicional, o novo normal.
JC - Como tem sido a relação da Inbev com as startups?
Gondim - Faz alguns anos que estamos tentando nos posicionar dentro de cada ecossistema que acreditamos ser relevante para nosso negócio. Nossa relação com este ecossistema tende a ser de ganha/ganha. Coletamos e usamos os dados ao nosso favor, juntamente com uma proposta forte de valor. O ecossistema, por sua vez, entra com sua solução, de forma que ambos aprendam a implementar da melhor forma possível a solução desenhada. Temos como foco sempre nosso cliente e consumidor, portanto, se achamos uma proposta de valor interessante, estamos sempre abertos a implementar e testar.
JC - Que mudanças no comportamento dos consumidores foram aceleradas pela pandemia e como isso está impactado a forma da empresa desenvolver produtos?
Gondim - Existiu uma curva forçada, uma adoção muito grande de certas tecnologias que passam por mudança de hábito, como a utilização dos canais de e-commerce. Entendemos que precisamos nos adaptar e estabelecer a melhor forma de trabalho possível para o time interno e oferecer as melhores soluções aos nossos clientes, que, por consequência, irão oferecer os melhores serviços aos consumidores. O benefício é para todos.
JC - Que habilidades são imprescindíveis nos profissionais do presente e do futuro?
Gondim - Qualquer profissional precisa estar sempre se atualizando, ter a cabeça aberta para aprender sempre. Especificamente em tecnologia, cada vez mais vemos a velocidade que as coisas acontecem, com adoção cada vez mais rápida. Por isso, precisamos estar sempre todos muito antenados e antecipando as tendências de mercado.
Comentários CORRIGIR TEXTO