Porto Alegre, quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Dia da Bandeira.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 08h22min, 19/11/2020.

Shopping João Pessoa busca 'herdeiro' para área que foi da Rede Dia

Imóvel que fica no nível inferior do shopping está sem novo ocupante desde a saída do Dia

Imóvel que fica no nível inferior do shopping está sem novo ocupante desde a saída do Dia


PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
Patrícia Comunello
Enquanto diversas lojas da Rede Dia estão sendo assumidas por um grupo do interior gaúcho, um dos pontos mais valorizados para este tipo de operação e que tinha uma filial da bandeira espanhola ainda não tem ocupante.
Enquanto diversas lojas da Rede Dia estão sendo assumidas por um grupo do interior gaúcho, um dos pontos mais valorizados para este tipo de operação e que tinha uma filial da bandeira espanhola ainda não tem ocupante.
Trata-se da área no nível inferior do Shopping João Pessoa, um típico empreendimento de bairro próximo ao Centro de Porto Alegre, fechada em meados de setembro, na debandada da rede espanhola do Rio Grande do Sul. Foram fechadas 71 lojas, com demissão de mais de 700 pessoas.
A Rede Polo, com sede em Lajeado, negociou 57 pontos e começa a reabrir alguns.
A gerente geral do shopping, Cristiane Bernardo, informou, por meio de nota, que a área comercial do estabelecimento está "trabalhando na prospecção de novo operador". 
Cristiane explica que o ponto do João Pessoa não entrou no pacote negociado entre a gaúcha Rede Polo e o Dia. "Eles ocuparam lojas de rua e não houve interesse por shopping center", alega a gerente geral. A localização do ponto, que tem acesso na área externa do shopping lembra operação de rua.
Sem dar detalhes sobre eventuais interessados, Cristiane diz que a intenção é ocupar o ponto "o mais breve possível". Ela também confirmou que a ideia é ter supermercado no local, seguindo o mix do empreendimento. 
"É uma necessidade da região primária do shopping", reforça.
Comentários CORRIGIR TEXTO