Porto Alegre, quarta-feira, 18 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 18 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

gente

- Publicada em 19h03min, 17/11/2020. Atualizada em 09h22min, 18/11/2020.

Morre em Porto Alegre o gaúcho Oskar Coester, criador do aeromóvel

Fundador da Coester defendia baixo custo do veículo movido a ar

Fundador da Coester defendia baixo custo do veículo movido a ar


JONATHAN HECKLER/JC
Faleceu nesta terça-feira (17), aos 82 anos, o empresário Oskar Coester, idealizador do aeromóvel. Natural de Pelotas, ele estava se recuperando de um acidente vascular cerebral sofrido em maio e morreu em casa. Ele deixa esposa, quatro filhos e dez netos. O velório e a cerimônia de cremação vão ocorrer no Crematório Metropolitano, em Porto Alegre, em horário a definir.
Faleceu nesta terça-feira (17), aos 82 anos, o empresário Oskar Coester, idealizador do aeromóvel. Natural de Pelotas, ele estava se recuperando de um acidente vascular cerebral sofrido em maio e morreu em casa. Ele deixa esposa, quatro filhos e dez netos. O velório e a cerimônia de cremação vão ocorrer no Crematório Metropolitano, em Porto Alegre, em horário a definir.
> Reveja: Dilma abraça Coester em 2013, no dia da inauguração do primeiro aeromóvel
Coester começou a carreira na Varig em 1960, onde chegou a ser chefe do Departamento de Eletrônica de Bordo. No mesmo ano ele fundou a Metalúrgica Coester, empresa sediada em São Leopoldo especializada em engenharia industrial, a qual passou a se dedicar integralmente em 1970.
Ele também capitaneava a Aeromóvel Brasil S.A, integrante do grupo Coester responsável por desenvolver o meio de transporte, que funciona via propulsão pneumática. O aeromóvel é movido por ar soprado por ventiladores estacionários em um duto dentro da elevada na qual fica o veículo, empurrando uma placa de propulsão que se movimenta sobre rodas em cima do trilho. Coester sempre defendeu o modelo como sendo de baixo custo de implantação e operação, com pouco consumo de energia e sem emissão de poluentes.
O legado do aeromóvel já tem quase 40 anos na memória de Porto Alegre. Próximo à orla do Guaíba, da Praça Júlio Mesquita até a Câmara de Vereadores, há a estrutura desativada de testes do aeromóvel, uma via de 1,1 km de extensão construída em 1982 que já faz parte da paisagem urbana. Em outubro de 2019, Oskar acompanhou a retirada do protótipo da orla da Capital
Apenas em 2013 a primeira unidade do aeromóvel em território brasileiro finalmente foi inaugurada em Porto Alegre, fazendo o traslado entre a Estação Aeroporto do Trensurb e o Aeroporto Salgado Filho. Havia também planos futuros para uma linha do aeromóvel em Canoas com 4,6km de extensão e sete estações, mas as obras foram suspensas. Ao todo, há dois aeromóveis em funcionamento no planeta – o outro foi inaugurado foi em um parque temático de Jakarta, capital da Indonésia, em 1989.

Vídeo: Dilma Rousseff abraça Coester no dia da inauguração do aeromóvel 

Comentários CORRIGIR TEXTO