Porto Alegre, terça-feira, 17 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 17 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

aviação

- Publicada em 19h27min, 17/11/2020. Atualizada em 19h33min, 17/11/2020.

Azul terá voos para Canela e Torres a partir de dezembro

Rotas usarão aeronaves Cessna Gran Caravan, modelo monoturbo-hélice com nove lugares

Rotas usarão aeronaves Cessna Gran Caravan, modelo monoturbo-hélice com nove lugares


LUIS ALBERTO NEVES/AZUL/DIVULGAÇÃO/JC
Vanessa Ferraz
Que tal chegar a Torres, no Litoral Norte, e a Canela, na Serra Gaúcha, pelo ar em vez de fazer o trajeto pelas rodovias que ligam Porto Alegre às duas regiões turísticas gaúchas? As duas conexões começam a ser ofertadas a partir de dezembro pela Azul, segundo comunicado nesta segunda-feira (17), conectando o Aeroporto de Porto Alegre e os dois destinos.
Que tal chegar a Torres, no Litoral Norte, e a Canela, na Serra Gaúcha, pelo ar em vez de fazer o trajeto pelas rodovias que ligam Porto Alegre às duas regiões turísticas gaúchas? As duas conexões começam a ser ofertadas a partir de dezembro pela Azul, segundo comunicado nesta segunda-feira (17), conectando o Aeroporto de Porto Alegre e os dois destinos.
Com as novas rotas, a companhia reforça a malha regional no Rio Grande do Sul. No começo de dezembro, a empresa retoma a ligação com Pelotas e Santa Maria, após sete meses de suspensão. Em fevereiro, a previsão é de ofertar voos para Uruguaiana, segundo a Fraport Brasil, concessionária do terminal da Capital. 
A venda dos bilhetes já começou pelo site da companhia. Os preços variam de R$ 173,90 a R$ 296,85 para a cidade na serra e de R$ 263,90 a R$ 296,85, para o Litoral Norte, conforme consulta feita nesta terça-feira pelo Jornal do Comércio ao site da aérea.
As rotas usarão aeronaves Cessna Gran Caravan, modelo monoturbo-hélice com nove lugares. As viagens serão diárias em alguns horários ou com frequência de segunda a sexta-feira e domingo com opções de embarque no começo da manhã, tarde e noite nos dois sentidos.
Os trajetos terão duração de 40 minutos, para Canela, e de 50 minutos, para Torres. Se a viagem fosse feita por estrada, o percurso levaria pouco mais de duas horas e quase três horas, respectivamente, para os dois destinos a partir da Capital.   
A Azul aposta na demanda de quem prefere aproveitar as férias, seja de curta ou maior duração, se ter de encarar o trânsito mais intenso nas rodovias. Para os dois destinos, há malha terrestre sem duplicação, no caso de boa parte do trajeto para Canela, e, mesmo com melhor infraestrutura de pistas, no caso de Torres (BRs 290, que é a freeway, e 101), há engarrafamentos na saída de Porto Alegre.   
As novas rotas vão ser ofertadas apenas no veraneio, entre 14 de dezembro de 2020 e 31 de janeiro de 2021. 
O projeto Verão Azul Conecta foca voos de curta duração, ligando aeroportos de grande movimento a destinos que as pessoas costumam fazer por via rodoviária.
“Essa iniciativa pioneira e inovadora na aviação brasileira permitirá que muitas pessoas repensem em como otimizar ainda mais suas viagens a lazer para um fim de semana, feriado, férias e também para o travel office, aproveitando o home office em qualquer lugar”, destaca Daniel Bicudo, diretor de Marketing da Azul.
Na operação regional, a concorrente da Azul, a Gol atua nas rotas entre Passo Fundo e Caxias do Sul para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.
Comentários CORRIGIR TEXTO