Porto Alegre, quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Dia da Bandeira.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 19h38min, 12/11/2020. Atualizada em 01h00min, 19/11/2020.

Rede Polo adequa lojas da ex-Dia e abre 300 vagas de emprego no Rio Grande do Sul

Grupo deve inaugurar 57 lojas no Estado até o segundo semestre de 2022

Grupo deve inaugurar 57 lojas no Estado até o segundo semestre de 2022


divulgação Rede Polo
Adriana Lampert
Com base em Lajeado, no Vale do Taquari, a Rede Polo de supermercados, que conta com 11 unidades no Rio Grande do Sul, deve inaugurar cinco novas operações em dezembro deste ano.
Com base em Lajeado, no Vale do Taquari, a Rede Polo de supermercados, que conta com 11 unidades no Rio Grande do Sul, deve inaugurar cinco novas operações em dezembro deste ano.
As instalações - localizadas em Porto Alegre, Canoas, Capão da Canoa, Esteio e São Leopoldo - integram as 57 lojas da ex-rede Dia, adquiridas recentemente pela empresa, e estão sendo reformadas para ofertar também produtos perecíveis.
"Iremos adequar as estruturas para podermos trabalhar com operação completa, a exemplo das nossas demais lojas, visto que a antiga marca vendia somente carnes a vácuo e não tinha áreas de açougue, padaria, confeitaria e fiambreria", explica o diretor do grupo Supermercado Rede Polo, Fabiano Mussi.
Segundo ele, após a compra das unidades ter sido autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) na segunda-feira (9), foram abertas 300 vagas de emprego em todos os setores dos supermercados, desde fiscal de caixa, passando por repositores, até responsáveis pela segurança.
"Já tínhamos contratado 100 pessoas para trabalhar na liderança destas equipes", comenta Mussi. Os novos funcionários estão sendo treinados nas unidades dos supermercados da Rede Polo desde o início de outubro e devem comandar cerca de 30 pessoas por loja.
Após a inauguração das cinco primeiras unidades – que já chegam com layout da nova marca - a meta do grupo é erguer as cortinas de uma loja a cada 15 dias. Todas as unidades devem trabalhar com “preços agressivos”, adianta Mussi, observando que tudo leva a crer que o market share da empresa deve obter um upgrade nos próximos meses. “Éramos uma rede pequena, que terá uma maior penetração no mercado.”
No mapa de inaugurações, constam cidades como Venâncio Aires, Parobé, Santo Antônio da Patrulha, Rio Pardo, Caxias do Sul, Portão, Esteio, entre outras.
"Por enquanto, serão abertas 35 operações – as demais ainda estão sob estudo de viabilidade econômica", pondera Mussi. Ele afirma que o plano da empresa é chegar no segundo semestre de 2022 com as 57 novas lojas inauguradas.
Ao final do processo, terão sido contratados 900 trabalhadores diretos em todo o Estado. Interessados em integrar o quadro funcional da rede, devem enviar currículo para o e-mail debora.redepolo@gmail.com.
Comentários CORRIGIR TEXTO