Porto Alegre, terça-feira, 03 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 03 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

mercado financeiro

- Publicada em 15h56min, 03/11/2020.

Ouro fecha em alta, apoiado pelo dólar mais fraco

Ouro para dezembro encerrou com ganho de 0,95%, a US$ 1.910,40 a onça-troy

Ouro para dezembro encerrou com ganho de 0,95%, a US$ 1.910,40 a onça-troy


VISUALHUNT.COM/DIVULGAÇÃO/JC
O contrato futuro de ouro mais líquido fechou em alta nesta terça-feira (3) impulsionado pelo enfraquecimento do dólar, em um cenário de apetite por risco gerado pela expectativa pelas eleições nos Estados Unidos.
O contrato futuro de ouro mais líquido fechou em alta nesta terça-feira (3) impulsionado pelo enfraquecimento do dólar, em um cenário de apetite por risco gerado pela expectativa pelas eleições nos Estados Unidos.
Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para dezembro encerrou com ganho de 0,95%, a US$ 1.910,40 a onça-troy.
"Os preços do ouro estão subindo antes da eleição e toda a turbulência que vem com ela e antes da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que provavelmente sinalizará que está prestes a fazer mais", avalia o analista de mercado da Oanda, Edward Moya.
Favorito no pleito de hoje, o candidato do Partido Democrata, Joe Biden, deve implementar um pacote fiscal robusto para atenuar os efeitos econômicos do coronavírus, caso eleito. Nesse cenário, as perspectivas por estímulos pressionaram o dólar. Com isso, o metal fica mais barato para os detentores de outras moedas, apoiando as compras.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO