Porto Alegre, domingo, 18 de outubro de 2020.
Dia do Médico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 18 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

EVENTOS

- Publicada em 18h02min, 16/10/2020. Atualizada em 10h48min, 18/10/2020.

Dispensadas de evento-teste, casas de festas infantis aguardam decreto para retomada no RS

Com protocolos aprovados, setor de festas infantis aguarda decreto para recomeçar no RS

Com protocolos aprovados, setor de festas infantis aguarda decreto para recomeçar no RS


DICE FOLIA CASA DE FESTAS/DIVULGAÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Ainda aguardando liberações de um leque maior de atividades, o setor de eventos gaúcho obteve uma importante conquista na quinta-feira (15).
Ainda aguardando liberações de um leque maior de atividades, o setor de eventos gaúcho obteve uma importante conquista na quinta-feira (15).
Em reunião com a secretária da Saúde do Estado, Arita Bergmann, o segmento de casas de festas infantis conseguiu a aprovação dos protocolos de segurança sugeridos e, diante da consistência dos mesmos, foi dispensado da necessidade de realizar um evento-teste para aplicação das normas e retomada das atividades. Com isso, os profissionais da área aguardam para o final de outubro a publicação do decreto estadual que dará o aval para a volta de aniversários e comemorações entre famílias e crianças.
A aceitação dos protocolos sem necessidade de teste prévio foi comemorada pelos representantes do setor, que há sete meses buscam alternativas para voltar a trabalhar e recuperar o calendário de festas pré-agendadas para este ano. De acordo com Janaina Bercht, uma das representantes do segmento em Porto Alegre, as normas e condutas sugeridas pelo segmento para o retorno, elaboradas com base no que vem sendo estruturado nacionalmente pela Associação das Empresas e Parques de Diversões do Brasil (Adibra), foram elogiadas pelo governo do Estado. "Esse retorno do governo do Estado só comprova a validade dos nossos protocolos, conseguimos provar que é possível fazer uma festa segura e viável. Seremos o primeiro segmento de eventos liberado de realizar um evento-teste", comenta a empresária, proprietária da Kids Choice.
Ela acredita que o fato de o segmento de festas infantis ser bem estruturado no Estado- são cerca de 200 casas registradas oficialmente, sendo metade delas em Porto Alegre- e manter critérios rígidos de controle, por envolver o público infantil e brinquedos, também facilitou a análise do Executivo. Além disso, a retomada de atividades inibirá a realização de eventos clandestinos. "É notório que as festas seguem acontecendo, todos sabem, mas queremos que ocorram com controle, segurança e orientação, a partir da nossa expertise", complementa a empresaria.
O projeto apresentado pelo setor à Secretaria da Saúde também se ateve à portaria que define as boas práticas para o serviço de alimentação durante a pandemia e, entre as considerações, sugere teto máximo de convidados de 50% da lotação da casa, para municípios em bandeira laranja, e de 75% para os de bandeira amarela no distanciamento controlado. As regras definitivas serão publicadas no decreto estadual que está sendo aguardado e poderá ampliar as flexibilizações a outros ramos da área de eventos. Segundo o Palácio Piratini, a normatização dos protocolos deverá ser divulgada nos próximos 15 dias.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/10/08/206x137/1_casas_de_festas-9161039.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5f7f862d4e123', 'cd_midia':9161039, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/10/08/casas_de_festas-9161039.jpg', 'ds_midia': 'Representantes de casas de festas estiveram reunidos na quarta-feira (7) com presidente da AL e secretária Arita', 'ds_midia_credi': 'JOEL VARGAS/ALRS/DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Representantes de casas de festas estiveram reunidos na quarta-feira (7) com presidente da AL e secretária Arita', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '450', 'align': 'Left'}
Reuniões dos diversos segmentos de eventos com a secretaria da Saúde foram intermediadas pela presidência da Assembleia Legislativa. Crédito: Joel Vargas/ALRS
Proprietário da Doce Folia Casa de Festas, de Novo Hamburgo, Serafim Marques afirma que a aprovação dos protocolos representa a primeira vitória do setor, que aguarda a publicação do decreto estadual para recomeçar. "Temos lutado e passado etapa por etapa para construir esse protocolo consistente, não deixando motivos para que a Secretaria e o comitê de crise do governo não o aprovasse. Vamos agora aguardar o decreto para podermos recomeçar, quem sabe ainda antes de novembro. Esse recomeço não será fácil, mas temos fôlego e o pessoal quer fazer festa", destacou.
O setor de eventos tem demonstrado ampla mobilização em busca da retomada das atividades no Rio Grande o Sul e mantido reuniões frequentes com o governo do Estado, intermediadas pela presidência da Assembleia Legislativa. Na semana que vem, ainda aguardam avanços na análise e aprovação de protocolos os segmentos de clubes e casas de bailes, que devem realizar um evento-teste em Canoas, e de eventos sociais. Na quinta-feira (15), representantes do setor de eventos chegaram a protestar em frente ao palácio Piratini, cobrando a liberação de atividades por parte do governo.
Os profissionais de eventos de negócios, lazer e entretenimento aguardam ainda as deliberações dos decretos municipais para poder avançar nas realizações de feiras, congressos e espetáculos, já permitidos no Estado, com restrições. Na terça-feira (13), o setor chegou a lançar uma carta aberta à prefeitura de Porto Alegre, cobrando agilidade na liberação das atividades. Nesta sexta-feira (16), nova reunião do Comitê Temporário de Enfrentamento ao Coronavírus definiu que um cronograma para atividades e o decreto com flexibilizações deve sair ao longo da próxima semana. Também iniciou hoje o primeiro evento corporativo com a presença de público, autorizado pela prefeitura, que se estende até domingo (18), no Centro de Eventos da Fiergs.
Comentários CORRIGIR TEXTO